Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

Passeio [ Mest Hallen]

 :: Diversos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Mest Hallen em Sab Dez 03, 2011 4:05 am

Caminhando pelas Sombras...

Solitário, eu caminhava sem rumo pela extensa floresta as margens do Acampamento Meio-Sangue, pensando em tudo que me acontecera nos últimos dias. Finalmente eu encontrara minha vocação, algo que pudesse me tornar diferente, algo que pudesse me deixar... Contente. Tornei-me um Menestrel. A música finalmente havia se manifestado em meu ser e agora éramos um só.

Estava anoitecendo e o vento começava a soprar cada vez mais forte abaixando a temperatura talvez, mas eu com certeza não era a melhor pessoa para dizer algo como isso, o frio não me incomodava. A floresta estava completamente calma, nem mesmo o zumbido dos insetos podia ser ouvido e aquilo me assustava um pouco. Olho para os lados e por um estranho momento penso estar sendo seguido, mas após alguns minutos espiando entre as imensas árvores desisto. - Hum... Deve ser coisa da minha cabeça. - Eu sussurrava para mim mesmo, uma espécie de reconforto. Logo um enorme cansaço tomava o meu corpo e percebo que eu havia caminhado bastante, então resolvo sentar e descansar um pouco para contemplar a densa escuridão que havia se formado com a chegada da noite. Fecho os meus olhos e não demoro muito para cair um profundo cochilo. Algum tempo havia se passado, horas talvez e finalmente eu acordava. - Aaaaar... - Bocejava. Numa falha tentativa, tento fazer uma pequena fogueira com o auxilio de alguns gravetos. - Droga, eu devia ter ido para o Acampamento de Verão quando eu ainda podia. - Praguejava. Recosto novamente minhas costas na árvore para recuperar a energia perdida, mas fico alerta ao sentir um pequeno calafrio passar sob meus ossos. - Mas o que... - Sou interrompido bruscamente por um ensurdecedor ruído, algo como um metal se arrastando sobre alguma superfície ou quem sabe um corte. Pego minha adaga e fico em posição de defesa, esperando o pior.


[b]Não há precipício quando os passos são curtos
Não há morte quando ainda não há vida
Não há fim quando ainda há estrada a percorrer
Não há desânimo quando ainda há crença

Não há suicida quando ainda há sorriso nos lábios
Não há desavenças quando dois não querem
Não há indiretas quando há diretas
Não há afastamento quando há conversa

... Mesmo com a chuva recheada de trovões ...
... o céu azul e o sol iluminado ainda existem ...


DANIEL BEDOTTI SERRA[/b]
avatar
Mest Hallen

Mensagens : 14
Pontos : 22
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 22

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Allun D. Ornios em Sab Dez 03, 2011 4:36 pm

Passos lentos e leves sobre o chão da floresta, segurando minha Foice na mão direita e deixando a lâmina ao chão, fazendo-a raspar sobre ele, produzindo um som que chegava a incomodar-me um pouco. Já era noite, ninguém devia estar caminhando no acampamento este horário, se as Harpias pegassem, poderiam até mesmo devorar os campistas que quebravam essa regra. Mas eu podia me camuflar na noite. Elas não me viam, assim como quase ninguém. Meu manto ocultava todo o som que eu podia produzir, e o único que eu escutava era o do vento e da lâmina raspando ao chão.

Após algum tempo caminhando, escuto uma voz vindo da floresta, baixa e humana. Bastante humana. Como eu sabia que era humana? Vozes humanas me irritavam. E aquela voz me irritava, além de ser chata e feminina. Virei a cabeça, olhando para o lado que eu imaginava ter vindo o som, suspirando baixinho. - Quem é louco de caminhar aqui durante a noite... - Murmurei, mudando de direção, até onde eu imaginava encontrar alguém.

Após algum tempo de caminhada, pude observar um vulto se levantando e parecendo estar olhando na minha direção. Depois de me aproximar mais um pouco, pude perceber que o vulto era uma pessoa. Um menino, e não uma menina, como eu tinha imaginado pela voz. Parei de andar, deixando minha Foice parada ao chão, sem emitir mais barulho algum, enquanto encarava aquele garoto. - Quem é...? E o que faz andando aqui, este horário? - Perguntei com a voz calma, fixando meus olhos na Adaga que ele carregava.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Mest Hallen em Sab Dez 03, 2011 4:51 pm

A tensão aumentava a cada instante, quando percebo que algo ou alguém vinha em minha direção a passos lentos e segundo o que eu havia aprendido nas minhas aulas de estratégia no acampamento, isso era uma boa técnica para interceptar o inimigo. Fico atento a sua silhueta para defender qualquer movimento ofensivo que o até então adversário poderia fazer, mas me surpreendo ao ver sair das sombras um garoto pálido e magricelo, revestido por uma capa preta.- Quem é...? E o que faz andando aqui, este horário? - Dizia o garoto, com uma expressão um tanto desconfiada. - Sou Mest Hallen. Vim andar pela floresta parei para descansar e então cai no sono. Mas, quem é você? Veio do Acampamento? - Eu perguntava ao garoto. Mas decidi abaixar a guarda e confiar nele, então guardo minha adaga e espero calmamente a resposta do garoto.


[b]Não há precipício quando os passos são curtos
Não há morte quando ainda não há vida
Não há fim quando ainda há estrada a percorrer
Não há desânimo quando ainda há crença

Não há suicida quando ainda há sorriso nos lábios
Não há desavenças quando dois não querem
Não há indiretas quando há diretas
Não há afastamento quando há conversa

... Mesmo com a chuva recheada de trovões ...
... o céu azul e o sol iluminado ainda existem ...


DANIEL BEDOTTI SERRA[/b]
avatar
Mest Hallen

Mensagens : 14
Pontos : 22
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 22

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Allun D. Ornios em Sab Dez 03, 2011 5:01 pm

Levantei a minha Foice, rodando-a na mão para passar o tempo, enquanto o garoto respondia-me. Tive que me segurar para não tapar os ouvidos ao escutar a voz dele novamente. - Sou Mest Hallen. Vim andar pela floresta parei para descansar e então cai no sono. Mas, quem é você? Veio do Acampamento? - Ele pareceu ter decidido confiar em mim, guardando a Adaga que segurava e deixando os braços livres, com a guarda totalmente aberta. - Matá-lo agora seria divertido, é. Mas, não estou aqui para isso, não hoje. Sou Allun D. Ornios. Não vim bem do acampamento... Vim do submundo. Sou um servo de Thanatos. Mas, sim... Eu sou do acampamento. Apesar de não gostar dele e nem das pessoas que o habitam. - Respondi, com a voz incrivelmente fria e calma, como se falar aquilo fosse a coisa mais normal do mundo. E até que era. - De qualquer jeito, é proibido andar no acampamento este horário... Se as Harpias te pegam, deve saber o que fazem, não é?Não que eu me importe que elas façam algo com você, seria legal ver seu corpo morto por ai. - Quando terminei de falar, prendi minha Foice as costas, encostando meu corpo em uma árvore e fechando os olhos, enquanto esperava para ver o que o garoto iria falar.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Mest Hallen em Sab Dez 03, 2011 5:34 pm

Enquanto eu falava, percebia que o garoto girava sua foice constantemente e por um instante pensei que ele tentava me deixar com medo, mas se esse era seu objetivo ele já poderia desistir. Pude perceber também que enquanto eu falava ele parecia estreitar os olhos, mas ignorei e continuei a falar. - Matá-lo agora seria divertido, é. Mas, não estou aqui para isso, não hoje. Sou Allun D. Ornios. Não vim bem do acampamento... Vim do submundo. Sou um servo de Thanatos. Mas, sim... Eu sou do acampamento. Apesar de não gostar dele e nem das pessoas que o habitam. - Eu continuava com a mesma expressão séria do inicio, não importava o que ele falasse eu me manteria daquele jeito, frio. Mas apesar de tudo eu olhava bastante curioso para o garoto que se dizia servo de Thanatos, eu já ouvira falar deste grupo, se intitulavam os Ceifadores. Logo uma grande idéia vinha a minha cabeça. - Allun, gostaria de perguntar-lhe algo. - Eu esperava calmo a resposta do garoto, mas resolvo ignorar independente de qual fosse e continuo. - Presciso de um parceiro, para um pequeno teste do meu grupo... Aliás, esqueci de me apresentar oficialmente. Sou Mest Hallen, um membro da Orquestra de Orfeu o que faz de mim um Menestrel oficial. Suas habilidades com a foice me impressionaram bastante enutão gostaria de pedir sua ajuda para virar um solista e assim comandar o grupo. Aceita? - Eu perguntava, esperando uma breve resposta do rapaz.


[b]Não há precipício quando os passos são curtos
Não há morte quando ainda não há vida
Não há fim quando ainda há estrada a percorrer
Não há desânimo quando ainda há crença

Não há suicida quando ainda há sorriso nos lábios
Não há desavenças quando dois não querem
Não há indiretas quando há diretas
Não há afastamento quando há conversa

... Mesmo com a chuva recheada de trovões ...
... o céu azul e o sol iluminado ainda existem ...


DANIEL BEDOTTI SERRA[/b]
avatar
Mest Hallen

Mensagens : 14
Pontos : 22
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 22

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Allun D. Ornios em Sab Dez 03, 2011 5:51 pm

Quando ouvi que ele queria me fazer uma pergunta, abri os olhos lentamente, fitando-o. O que ele queria? Mal tinha me conhecido e já vinha com perguntas. Oras. - Preciso de um parceiro, para um pequeno teste do meu grupo... Aliás, esqueci de me apresentar oficialmente. Sou Mest Hallen, um membro da Orquestra de Orfeu o que faz de mim um Menestrel oficial. Suas habilidades com a foice me impressionaram bastante então gostaria de pedir sua ajuda para virar um solista e assim comandar o grupo. Aceita? - Quando ele terminou de falar, eu mordi o canto dos lábios. Um teste... Em grupo... Possivelmente significava que seria uma luta. Ou várias lutas, dependendo de quantos fizessem parte do grupo. Dei um passo para frente, tirando as costas da árvore e bocejando. - Está certo... Aceito, então. Quando via ser esse tal... Teste? E como ele será? - Perguntei, com um pequeno sorriso nos lábios. Realmente esperasse que fosse uma luta... Até a morte, claro. Apenas assim ela teria graça.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Mest Hallen em Sab Dez 03, 2011 6:10 pm

O garoto não demorava muito para dar-me a resposta e eu podia notar uma certa animação em sua voz. - Está certo... Aceito, então. Quando via ser esse tal... Teste? E como ele será? - Enquanto ele falava, eu começava a pensar em algumas coisas do tipo... "Eu mal conheço esse cara e já estou pedindo ajuda, eu sou muito idiota"... Mas decido levar adiante essa história e ver no que dava. - O teste será amanha e consisti em lutas em dupla, mas eu tenho certeza que você ja sabia do que se tratava. Bom, venha bem disposto, pois os oponentes que enfrentaremos não serão fracos. Mas com você ao meu lado, acho que temos uma boa chance. Pode me encontrar na frente do Anfiteatro, vejamos... as três? - Eu perguntava.


[b]Não há precipício quando os passos são curtos
Não há morte quando ainda não há vida
Não há fim quando ainda há estrada a percorrer
Não há desânimo quando ainda há crença

Não há suicida quando ainda há sorriso nos lábios
Não há desavenças quando dois não querem
Não há indiretas quando há diretas
Não há afastamento quando há conversa

... Mesmo com a chuva recheada de trovões ...
... o céu azul e o sol iluminado ainda existem ...


DANIEL BEDOTTI SERRA[/b]
avatar
Mest Hallen

Mensagens : 14
Pontos : 22
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 22

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Allun D. Ornios em Sab Dez 03, 2011 6:16 pm

Levei a mão ao queixo, pensativo. Lutas em duplas... Nunca tinha participado de uma. Só esperava que não me esquecesse que eu estaria o ajudando e acabasse o atacando. Coloquei as duas mãos no bolso da calça que eu estava, olhando para o céu. - Três... Não. Não tenho horas para aparecer então... Apenas me espere. Se realmente deseja minha ajuda, acho que não importa o horário que eu vá aparecer. Talvez mais cedo, talvez mais tarde, quando a luta já tenha começado. Não se preocupe com isso... O importante é que aparecerei. - Falei rapidamente, bocejando mais uma vez. - Já estou com sono... - Murmurei baixinho, ainda com os olhos fixos no céu. - Mas, é apenas isso que deseja? - Perguntei enquanto abaixava os olhos para encarar o garoto. Queria ir embora logo, já estava com sono... Iria acabar por cair ali na floresta e dormir, se demorasse mais.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Mest Hallen em Sab Dez 03, 2011 6:27 pm

O garoto parecia pensativo, mas logo retornava a me responder. - Três... Não. Não tenho horas para aparecer então... Apenas me espere. Se realmente deseja minha ajuda, acho que não importa o horário que eu vá aparecer. Talvez mais cedo, talvez mais tarde, quando a luta já tenha começado. Não se preocupe com isso... O importante é que aparecerei. - Falava. Decidi confiar nele mais uma vez, afinal de contas eu não tinha nada a perder. - Tudo Bem, se você diz. Acho que já vou me recolher, amanhã vai ser um dia cansativo. - O garoto então finalizava. - Mas, é apenas só isso que deseja? - Ele dizia. - Por hora sim. Peço que não me desaponte e cumpra com sua palavra. - Eu dizia seriamente ao jovem, então apoiando minhas mãos sobre meu peito faço uma lira materializar-se automaticamente e então começo a dedilhar os cordões produzindo um som melancólico. - Isso deve afastar os monstros que rondão a floresta durante a noite, boa noite Ceifador, nos vemos amanhã. - Sem demora, saio em direção a sombras seguindo a trilha até o acampamento.


[b]Não há precipício quando os passos são curtos
Não há morte quando ainda não há vida
Não há fim quando ainda há estrada a percorrer
Não há desânimo quando ainda há crença

Não há suicida quando ainda há sorriso nos lábios
Não há desavenças quando dois não querem
Não há indiretas quando há diretas
Não há afastamento quando há conversa

... Mesmo com a chuva recheada de trovões ...
... o céu azul e o sol iluminado ainda existem ...


DANIEL BEDOTTI SERRA[/b]
avatar
Mest Hallen

Mensagens : 14
Pontos : 22
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 22

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Allun D. Ornios em Sab Dez 03, 2011 6:33 pm

Não escutei muito bem o que ele disse depois de eu falar, apenas escutei os passos dele se afastando, enquanto ele ia embora. O sono já tinha me feito praticamente dormir enquanto esperava uma resposta dele. Dei um suspiro, começando a me retirar dali também, a passos lentos. - Dormir... Dormir... Dormir... - Murmurava enquanto caminhava em direção ao chalé de Perséfone.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeio [ Mest Hallen]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 :: Diversos

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum