Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

 :: Diversos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

Mensagem por Perséfone em Ter Ago 14, 2012 10:41 am


Parque abandonado



 


Um dos antigos parques florestais que fugia ao entendimento e conhecimento dos simples humanos. O local preferido dos monstros de mistas as raças que se arriscam por ali, e sempre o antro preferido destes para as suas badernas, ou mesmo para abater suas vítimas. Por ter sido antes de mais nada um parque, tem em toda a sua extensão antigos brinquedos velhos espalhados. Muitos dos brinquedos encontram-se imersos em uma densa e desregrada vegetação, e boatos que assoam o local, dizem que há muito o parque fora amaldiçoado por Hécate.









Lady Perséfone

Imorrível. ù.ú Filha da Demé linda. :3 Marida do pulguendo. n

avatar
Perséfone
Deuses
Deuses

Mensagens : 375
Pontos : 444
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 23
Localização : Submundo

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100000000000000/100000000000000  (100000000000000/100000000000000)
Energia:
100000000000000/100000000000000  (100000000000000/100000000000000)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

Mensagem por Pandora van Hölle em Seg Set 03, 2012 5:44 pm


Far Away



O acampamento estava detestavelmente monótono. Às vezes me perguntava onde era pior de sobreviver. Lá dentro em segurança e sem quase nada para fazer, ou cá fora beirando a morte a cada esquina sem saber o que vai acontecer. Nesse exato momento acho que até dançar com a morte seria mais divertido do que ficar treinando e perturbando os novatos. Pensando nisso, resolvi tirar um dia de folga e ir para algum lugar mais interessante e levemente mais perigoso. Afinal, qual a graça de alguma coisa pacata?

Pensando assim, sabia exatamente para onde deveria ir. Era umas três horas da tarde quando resolvi partir do acampamento. Tudo o que carregar era uma simples mochila com meus grimórios e algumas poucas mudas de roupa. A viagem até São Francisco fora longa, mas iria valer a pena, eu faria valer de qualquer jeito. O meu destino era claro, um Parque Abandonado e lindamente sinistro. O que estaria lá ainda? Algum mistério? Alguns semideuses bobos de andar por um lugar que diziam que minha mãe havia amaldiçoado? Ah definitivamente tinha de ir para lá.

Em São Francisco caminhei até um beco para aproveitar a privacidade e as sombras. Com um sorriso rápido levei dois dedos a boca e assoviei baixo, mas longo. Não precisei esperar mais eu alguns segundos para sentir um leve tremor da parede com sombras e um rosnado gutural vindo delas. Logo, uma enorme massa negra saltou, grande e selvagem. Era meu cão infernal, o Bruce. Aproximei com o sorriso nos lábios novamente, tratei de acariciar debaixo da orelha do cão para lhe dar um pequeno agrado.

-Vamos passear? Garotão quer passear quer? – falei em um tom mais adocicado e calmo, o enorme cão abanava o rabo feliz – Vamos para o Parque Abandonado, certo? Vamos arranjar algo para você brincar, ok?

Ele latiu animado e tudo o que precisei foi montá-lo para que ele se jogasse nas sombras novamente. Não teve como evitar o medo da colisão, era um instinto natural, fechei meus olhos com forças e segurei no cachorro enquanto sentia tudo a minha volta girar e girar... Até parar bruscamente me deixando mais tonta ainda. Bruce arfava cansado pela viagem nas sombras, mas assim que desci e pude olhar ao redor soube que estava em meu destino! Fiz uma carícia no dorso do animal e o mandei passear, eu mesma iria atrás de algo para fazer e por enquanto, apenas por precaução, iria tentar passar por despercebida, meio que escondida pelos lugares. Afinal, não sabia o que me esperava naquele lugar.

avatar
Pandora van Hölle

Mensagens : 7
Pontos : 9
Data de inscrição : 30/08/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
340/340  (340/340)
Energia:
340/340  (340/340)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

Mensagem por Matthew M. Hillerbrand em Seg Set 03, 2012 8:23 pm

Encontro Inesperado


Tédio. Era essa a palavra que descrevia exatamente minha vida no acampamento. Ficar treinando o dia todo era uma coisa que não me agradava muito, eu queria aventura e no acampamento isto não era oferecido. Estava pensando em fugir do acampamento, mesmo que fosse apenas um dia, este tempo já era mais do que o suficiente para acabar com todo esse tédio que cismava em me atormentar. Recentemente, havia ouvido alguns boatos de um parque que era assombrado pela deusa da magia, Hécate. O pensamento de visitar o tal parque logo se originou, afinal, o lugar poderia me propor um pouco de diversão. Já havia fugido diversas vezes do acampamento, portanto não seria nem um pouco difícil fazer isso novamente.

Vesti uma camiseta preta, botei uma calça jeans escura e sai do chalé procurando observar se Quiron estava por perto, pois o centauro não permitia nós sairmos do acampamento quando quiséssemos. Após passar pelo pinheiro passei a não me preocupar em me esconder, agora só teria que chegar ao meu destino; São Francisco. Provavelmente, alguns campistas achariam que eu estava começando a ficar louco, pois aquele lugar era recheado de monstros – mais do que o normal -, mas pouco me importava para isso, pois esta era a minha intenção.

A viagem demorou menos tempo do que eu esperava. Provavelmente a empolgação de sair daquele acampamento havia me feito pensar que o tempo estava passando mais rápido, diferentemente daquele lugar onde cada minuto parecia um século. Andei pelas ruas tomando um pouco de cuidado, mesmo que estivesse buscando diversão aquele lugar continuava sendo extremamente perigoso para mim. Andei pelas calçadas movimentadas, enfiei-me em uma rua deserta, fui para o lado de um prédio que não era atingido pelos raios solares e misturei-me com as sombras pensando no parque.

Em alguns segundos sai das sombras, estava em frente ao parque que diziam ser assombrado pela deusa da magia. Não pude deixar de exibir um sorriso, parecia os parques abandonados de filmes de terror, mas eu precisava ter cautela, afinal poderia haver monstros no local. Os raios de sol não conseguiam iluminar o local, pois as arvores os impediam. Misturei-me as sombras, andei um pouco até ouvir um leve barulho, pareciam passos. Deparei-me com uma garota bastante conhecida, um sorriso se formou em meus lábios enquanto eu fechava os olhos fazendo uma pequena raiz surgir ao lado do pé da garota, usaria meu controle sobre ela para se enrolar no pé da menina. Minha intenção era apenas assusta-la, mas como eu já a conhecia bem era praticamente impossível que ela fosse se assustar com isso. Sai das sombras sorrindo e me aproximei um pouco de Evie.

Um lugar bem típico de você, não? ─ Talvez fosse apenas coincidência encontra-la ali, talvez não. Mas eu só sabia que tentaria desfrutar o máximo possível dessas poucas horas fora do acampamento.


OBS: Preguiça de botar os poderes usados. ç-ç -q



avatar
Matthew M. Hillerbrand

Mensagens : 20
Pontos : 20
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 21

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
390/390  (390/390)
Energia:
390/390  (390/390)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

Mensagem por Aaliya Mikhaylova em Ter Set 04, 2012 11:24 pm



A calm day?

são francisco matthew e evie escrevi no bloco de notas, sorry


Quanto tempo havia passado ali? Cinco? Seis? Sete horas? Havia perdido as contas fazia bastante tempo, e retomá-las só a faria ficar entediada novamente. Talvez este fosse um fator comum entre todos os semideus, afinal, algo que por fim os acabava ligando de certa maneira: o tédio. Não que todos sofressem deste mal, no entanto ela julgava que a maioria deveria possuí-lo, não apenas pelas saídas furtivas do acampamento para o perigoso e sombrio mundo que os monstros pareciam dominar, mas também pelas expressões de enfado que apresentavam. A fuga da garota para isto era a tão escolhida por muitos, uma viagem para longe da louca, agitada e por vezes entediada vida de um "herói". Seu destino era um local que há muito já visitava, um parque de diversões abandonado; era o seu lugar-paraíso, o qual ela poderia ficar simplesmente sozinha e curtir aquele momento de tranqüilidade, escrevendo ou simplesmente desenhando.

Já cedo ela deixara o acampamento, levando consigo somente seu anel e seu casaco de couro, obviamente seus presentes não eram apenas assim, porém para os olhos mundanos não pareceriam nada mais que isso. Vestia uma calça escura e botas da mesma cor, uma blusa branca com uma caveira recortada na frente com o forro negro atrás dos recortes. A garota tinha seu pingente da estrala de Davi no pescoço, além de uma gargantilha negra que costumava usar. Seu cabelo fora trançado preguiçosamente, fazendo com que os fios meio loiros e os esverdeados ficassem alguns soltos. Não tinha paciência para cabelo, maquiagem e coisas deste tipo, apenas vestia o que queria, fazia o penteado mais útil e vez ou outra passava um lápis de olhos, nada mais, nada menos.

E a loucura nos é tida como algo involuntário e estranho; um mártir para aqueles que a possuem; uma ferramenta para mercenários e ambiciosos quase tão loucos quantos seus próprios clientes; uma constante luta; um infindável paraíso onde cores e formas se misturavam num redemoinho de fantasias.

As palavras saiam quase que involuntariamente no papel em seu colo. Sua mão movia-se com o lápis, como se de alguma forma eles pensassem juntos. Era estranho dizer isso já que quem conduzia o lápis era ela, porém tamanha era a rapidez na qual redigia que o lápis parecia mover-se sem a vontade de sua dona. Uma brisa batia em seu rosto, leve e não tão fria, e nem algo o bastante que a fizesse tirar a atenção do papel. Sua mente e olhos estavam focados nisso quando um som atingiu seus ouvidos. Passos? Ela não sabia ao certo, afinal ouvir passos naquele local não era algo comum. E se caso fossem realmente passos o que isso significaria? Fantasmas? Monstros? O que quer que fosse a tiraria do tédio certamente. Fechou o bloco e colocou o lápis no compartimento que ficava ao lado do bloco, cujo possuía uma espécie de "faixa" de couro que o fechava. Guardou-o no bolso do casaco, enquanto caminhava com as mãos no bolso da calça na direção na qual ela achara ter vindo o som.

Seria a loucura tão ruim assim? Ser louco: o que isso definia? Talvez a loucura esteja presente em cada homem como uma bomba pronta para explodir no segundo seguinte e liberar para todos os lados os destroços do que outrora fora uma mente sã.

Mais passos, e vozes. Monstros conversavam? Não imaginava um monstro dizendo a frase que ouvira. Um suspiro passou por seus lábios enquanto ela seguia o caminho, passando por brinquedos enferrujados e com cores desbotadas. Mais alguns passos dados e ao longe ela via a silhueta de duas pessoas. Adolescentes? Semideuses? Fantasmas? Torcia para que fosse a última opção, infelizmente não era.

─ Evie Farrier? ─ Disse a voz doce e calma de Aaliya com seu típico sotaque russo carregando diferentemente o inglês. Seus olhos claros pousaram na segunda pessoa demorando-se nele por um segundo como se tentasse lembrar de onde ele era. Por fim, não o reconheceu e sem dar-lhe muita importância voltou a olhar a morena à frente. ─ O que faz aqui? ─ A pergunta, como sempre deve ter soado friamente, porém era apenas o modo dela de falar, nada mais.



Aaliya Mikhaylova

macaria's daughter Crazy fuck off, motherfucker


avatar
Aaliya Mikhaylova

Mensagens : 2
Pontos : 2
Data de inscrição : 29/07/2011
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

Mensagem por Pandora van Hölle em Qua Set 05, 2012 4:36 pm


Amigos



Estava indo tudo normal... Até escutar passos atrás de mim e uma voz conhecida. Levei um pequeno susto, sentindo um calafrio passar em minha espinha enquanto fechava os olhos para me recuperar. Virei em meu próprio eixo para olhar nos olhos daquele garoto.

-Espero que isso tenha sido um elogio, Matt – falei revirando os olhos.

Dei um tapa no ombro dele sem muita força e só então ri e o abracei forte. Matthew era um amigo de longas datas, havíamos chegado ao acampamento quase ao mesmo tempo, quase morremos ao mesmo tempo também em algumas missões. O garoto era filho de Perséfone, bonito, forte e um dos meus poucos amigos propriamente ditos. Porém, quando me afastei dele eu mal pude abrir a boca para escutar outra voz me chamando com um leve tom de surpresa. Virei novamente, mas daquela vez fui eu quem ficou surpresa com o que vi.

-Aalyia? Opa, opa, estamos em uma espécie de encontro aqui? – não pude evitar a brincadeira, logo indo para perto da garota – Só esqueceram-se de me avisar ou estão me seguindo?

Olhei de um para outro e depois para o parque. Aprontar sozinha não era tão divertido quanto fazer besteira com cúmplices. Estávamos em um parque abandonado que diziam ser amaldiçoado por minha mãe. Comecei a me afastar de costas com um sorriso sapeca nos meus lábios.

-Quem está a fim de descobrir os perigos do parque? Não tem graça ficar aqui e fazer nada.
avatar
Pandora van Hölle

Mensagens : 7
Pontos : 9
Data de inscrição : 30/08/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
340/340  (340/340)
Energia:
340/340  (340/340)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

Mensagem por Matthew M. Hillerbrand em Qua Set 05, 2012 6:06 pm

Explorando o Parque


Surpreendi-me por vê-la levar um leve susto com a planta, sorri em resposta ao ouvi-la falar. Sempre quando a via me lembrava de quando havia chegado ao acampamento, das missões que havíamos ido juntos e sempre quase mortos. Isto era algo bom, pois depois de passar por tudo aquilo depois de um tempo tornava-se engraçado. Perguntava-me o motivo de ela estar neste local, mas a resposta era bem obvia, eu conhecia o jeito dela e um parque abandonado e assombrado por sua mãe era como se fosse uma festa para ela.

Quando ouvi a voz de uma garota olhei para trás, na direção de onde havia ouvido o som. Fitei-a por um tempo, pela maneira que tratava Evie ambas já se conheciam, eu sabia que ela era uma semideusa, pois o parque não era conhecido por humanos. Enquanto falava com Evie e observava a garota que se aproximava baixei minha guarda um pouco, mas logo voltei a ficar cauteloso, pois agora éramos três pessoas, portanto nossa áurea havia ficado mais forte, ou seja, os monstros poderiam nos encontrar com mais facilidade.

Olá, Aalyia. ─ Cumprimentei a garota enquanto exibia um leve sorriso para a mesma. ─ Sou Matthew Hillerbrand, filho de Perséfone. ─ Comecei a ouvir o que a filha de Hécate falava e balancei a cabeça em sinal de afirmação. ─ É claro, foi por este motivo mesmo que eu vim aqui. ─ Comecei a andar ao lado das duas garotas. Como sempre, ficaria atento aos monstros, mas estava menos preocupado com eles. Estava me distraindo enquanto observava os brinquedos sujos e enferrujados do parque.


Post pequeno, sorry. D:







avatar
Matthew M. Hillerbrand

Mensagens : 20
Pontos : 20
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 21

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
390/390  (390/390)
Energia:
390/390  (390/390)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♠ Parque abandonado. [ Oficial ]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 :: Diversos

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum