Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

☼ Local público : Bosque perdido.

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Psiquê em Sab Set 01, 2012 4:35 pm


Imagem do local:
O bosque se encontra nos arredores da floresta, no local mais afastado, durante o dia é o local mais belo já visto por olhais mortais, tem um brilho próprio que parece hipnotizar, mas a verdadeira beleza é vista a noite, por entre a penumbra e as sombras, que tomam por completo o local, alguns bancos podem ser vistos ali, entre as árvores. É um dos locais perfeitos para quem quer ficar só, ou "a sós". Muitos incidentes já ocorreram ali, no geral as vitimas são filhas de Afrodite e Perséfone.



avatar
Psiquê
Deuses
Deuses

Mensagens : 219
Pontos : 488
Data de inscrição : 09/05/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Energia:
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Oktav F. Fountain em Sab Set 01, 2012 10:45 pm

Situations!
I never be you

wearing: --music: #1 Nite notes:--


Inferno, inferno e inferno minha vida tinha se resumido a exatamente isso, andava descontrolado por meu chalé, meus irmãos me fitavam com olhares esquisitos. Peguei minha espada e saí do chalé, por uma passagem secreta vou em direção ao acampamento meio-sangue, não sabia o motivo exato de passar por lá, por um momento tinha vontade e por outro ela se extinguia.

Minha mãe só se preocupava com os assuntos do Hades, ainda não entendia como eles ainda estavam unidos haja tanto amor assim... Meus olhos azulados se perderam na direção da floresta, o cheiro de minha pele aumentou, senti um arrepio passando por todas as partes do meu corpo, estranho, delirante ou apenas nada, minha mente se perdia em tantas emoções.

O sol sumia aos poucos no horizonte, enquanto mais desafiava a densa mata, mais escurecido ficava o local, o que me agradava e muito, consegui chegar em um bosque um tanto quanto contraditório, a sensação era boa, sentia uma paz ao mesmo tempo um turbilhão de dúvidas, meus sentimentos mudavam em segundos, isso no começo me deixava cabulado, mas ao passar do tempo havia me acostumado, me aceitado como eu realmente era.

- Alguém por aí? - Gritei sentando em um dos bancos de pedra ou marfim que continham no local, senti uma brisa gélida bater em meu rosto, pisquei lentamente. Mordi de leve meu lábio enquanto olhava para cima, tentava encontrar alguma luz por entre os densos arbustos.











Oktav Fink Fountain





avatar
Oktav F. Fountain
Necromantes de Érebus
Necromantes de Érebus

Mensagens : 7
Pontos : 7
Data de inscrição : 31/08/2012
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
370/370  (370/370)
Energia:
370/370  (370/370)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Khallel Rurik em Dom Set 02, 2012 9:39 am




Safe and Sound
I remember tears streaming down your face when I said: I'll never let you go,
when all those shadows almost killed your light.
I remember you said: don't leave me here alone, but all that's dead and gone and passed tonight.

Reviro os olhos percebendo que, mais uma vez, eu sou o único semideus no Chalé de Quione. Realmente não sei por onde meus meio-irmãos andam, mas isso não faz muita diferença. Afinal, gosto de ficar sozinho, de ter um espaço só pra mim e de... Mentira, eu odeio ficar sozinho. Não falo isso pra ninguém, seria demonstrar fraqueza. Ultimamente tenho me sentido mais só que nunca. As pessoas já não falam comigo e eu já não sou escalado para missões. Levanto-me da cama, notando que o sol está se pondo. Uma ideia passa por minha cabeça: fazer uma caminhada pelo local não perigoso da floresta.

Depois de colocar uma roupa casual, saio do chalé e caminho vagarosamente até o bosque na floresta. Quando chego ao belo ambiente, o sol já quase não é visível no céu. Olho em volta admirando o local. Respiro o ar fresco e sinto-me nostálgico. À princípio não entendo a sensação, já que nunca havia ido até ali antes, mas então a imagem das campinas verdes que haviam na cidade que eu morava toma conta da minha mente. Respiro fundo apreciando o momento e sinto-me melhor, como se eu já não estivesse mais sozinho.

Meus pensamentos são interrompidos por um grito masculino perguntando se havia alguém. Meu coração acelerou, pois eu pensava que não haveria mais ninguém ali. Andei um pouco até ver um rapaz - muito bonito, por sinal - sentado em um dos bancos. Ele não parecia bem, mas não me importei com isso. Afinal, sou um coração gelado, literalmente. Sinto uma brisa gélida invadir o local e penso se foi eu que fiz isso ao me assustar, chego à conclusão de que não foi. Aproximo-me do rapaz.

▬ Sim, há mais alguém aqui... Sou eu. ▬ Minha voz sai com um tom frio, mas não me importo com isso. Olho o rapaz discretamente e então deduzo sua maternidade divina. ▬ Desculpe-me. Pensei que eu seria o único a vir aqui hoje, neste horário. ▬ Um sorriso se forma no canto dos meus lábios. Sento-me no banco, próximo ao rapaz.

khallel wears: here music: clica
humor: descontraído notes: entrando de metido nos posts alheios u.u
avatar
Khallel Rurik

Mensagens : 6
Pontos : 8
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 24
Localização : Não me entregarei aos monstros. Q

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
290/290  (290/290)
Energia:
290/290  (290/290)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Meredith Veitenheimer em Dom Set 02, 2012 4:22 pm




I want to stay in love with my sorrow
I don't want to forget how it feels without; don't want to lock me up inside...

wearing: Aqui
note: she's so cute. s2' q

Não dormira bem na noite passada. Estranho, não é? Eu, como filha de Hipnos, não dormir bem à noite. É por esse motivo que eu me pergunto se Quíron errou na hora de anunciar meu parentesco divino. Em compensação, depois de almoçar no refeitório na companhia de algumas pessoas, voltei para o chalé de Hipnos, tomei um banho morno e deitei-me, arrumando os travesseiros para ficar confortável. Ao fechar meus olhos, entrei logo no mundo dos sonhos, descansando minha mente de lembranças que me assombravam.

(...)
Acordei em um sobressalto na cama. Assustada, amedrontada. Eu já estava cansada de sempre ter pesadelos ao dormir. Levantei-me da cama ofegante, com as pernas bambas e desnorteada. Fui até o banheiro, despindo-me, a fim de tomar mais um banho. Eu precisava sair daquele chalé, eu precisava refrescar a minha memória em algum lugar. Após pensar bastante, enquanto deixava a água molhar meus cabelos, lembrei que o bosque era um lugar bastante calmo, pouco visitado por ficar próximo da floresta sombria, onde semideuses nunca frequentavam. Talvez lá seria um bom lugar para refletir sobre o passado e o futuro.

Saí do banho, enrolando-me em uma toalha, ligando o secador para secar os meus longos fios dourados. Vesti o vestido creme que levei para o banheiro, ajeitando-o para ficar moldado em meu corpo. Passei um lápis de olho preto na linha d'água – ressaltando o azul de meus olhos – e um perfume de rosas, meu preferido. Por último, calcei minhas sapatilhas em cor de salmão e retornei para o chalé. Fui até o criado mudo que ficava ao lado de minha cama e peguei um cordão com pingente de borboleta, um anel – colocando-o do dedo anelar direito –, uma pulseira e um enfeite de cabelo, com pérolas e um laço decorando. Peguei uma mexa de meus cabelos e a coloquei de lado, prendendo-a com o enfeite. Olhei-me no espelho e ri de mim mesma, arrumando-me para nada.

Saí do chalé, notando que a tarde já caía, hora perfeita para caminhar pelo bosque. Com passos suaves e calmo, cheguei ao local. Como eu havia previsto: ninguém estava ali. Adentrei mais no lugar que parecia encantado, a sua beleza era simples e esplêndida, pelo menos pra mim. Fechei meus olhos e fiquei desfrutando da brisa que tocava meu rosto e levava, de um jeito sutil, todos os meus pensamentos ruins. Sentei-me em um dos vários banquinhos que se espalhavam por ali, cantarolando Lithium, de uma banda chamada Evanescence.

(...)
Passei alguns longos minutos sentada ali, cantando e me distraindo. Quando reabri meus olhos, notei que a noite já chegava ao bosque. A lua, que já brilhava prematura no céu, invadia com seu brilho no bosque, e a mistura de brilho e sombras era algo lindo e único de se ver. De repente ouvi vozes vindo do lugar. Levantei-me assustada, pensando logo no perigo, já que incidentes aconteciam por ali. Caminhava lentamente, escondendo-me atrás dos troncos das árvores, seguindo a voz masculina que ecoava por ali. Mais uma voz invadiu o local, um outro rapaz.

Agora eu já podia vê-los; os dois tinham cabelos loiros, assim como o meu, altos e com beleza única. Pude notar que um era filho de Perséfone, já que sua beleza era ainda mais elevada do que os dos filhos de Afrodite. O outro possuía pele clara como a neve, tão belo quanto o filho de Perséfone, este sem dúvidas era filho da ninfa Quione. Até então não sabia se deveria ou não revelar minha posição, mas graças ao galho seco que pisara, não adiantaria mais me esconder.

É... Olá. ━ Revelei-me por fim, com voz calma e doce, sabendo que meus olhos estariam dourados assim como meus cabelos. ━ Perdoem-me por não ter me apresentado antes, mas tive certo receio quando apareceram, temendo que fossem monstros que me atacariam. ━ Expliquei, sentindo que ficara um tanto envergonhada, sem saber se eles entenderiam, podendo julgar-me como espiadora. Mostrava toda a educação que eu recebera, fazendo com que meu linguajar fosse um tanto antiquado. ━ Chamo-me Meredith, senhores... Meredith Veiteinheimer. ━ Apresentei-me por mim, dizendo meu nome com uma leve reverência para os rapazes.



habilidades usadas:
Aparência angelical — A maioria dos filhos de Hipnos adquirem as características físicas de seu pai, possuindo cabelos e olhos dourados. Tal aparência permite ao semideus ser considerado belo e encantador, mesmo mantendo o semblante sonolento. [Passivo]

Timbre delicado — A voz dos semideuses filhos de Hipnos possue uma característica especial, devido a constante sonolência e exaustão de seus donos; a voz é doce e delicada, às vezes rouca, e além de encantar seus ouvintes, em certas ocasiões o simples timbre da voz do filho de Hipnos pode fazer um oponente tornar-se sonolento.[Passivo]
avatar
Meredith Veitenheimer

Mensagens : 16
Pontos : 18
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
300/300  (300/300)
Energia:
300/300  (300/300)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Oktav F. Fountain em Seg Set 03, 2012 6:30 am

Situations!
I never be you

wearing: -- music: #1 Nite notes: --



Assustei com um garoto loiro com uma pele pálida, ele havia respondido ao meu chamado, aproximou-se como que se fosse um conhecido, não lembrava de ter o visto no acampamento, devia ser pelo fato de que passava dias no inferno.

Passo a mãos em minhas mexas, quando iria me apresentar percebo um barulho de galhos secos se quebrando, fito o lado direito e surge uma bela garota, novamente tinha sido surpreendido. Será que todos os semideuses tinham a ideia de passar um tempo no bosque?

A garota se aproximou, percebi seus longos cabelos loiros, a simples presença dela me fez ficar mais calmo, ou algo parecido que não consigo explicar. Com um salto levantei do banco, fui até a direção da menina, peguei sua mão e enverguei meu corpo relando meus lábios em sua pele.

- Chamo-me Elijah, filho de Perséfone. – Indaguei enquanto fitava seus olhos, ainda segurava suas mãos, olhei para o semideus a puxando para irmos até o banco.

- Esse é... – Me calei por um instante ele não havia me dito seu nome, umedeci os lábios enquanto cocei a nuca, gargalhei por um momento pois a situação que me encontrei era cômica.

Novamente minhas feições se fecharam, voltei a sentar-me do lado do garoto, apontei um local onde a semideusa poderia se sentar. Novamente meus olhos procuraram o céu, percebi que os arbustos eram secos, sem folhagens até mesmo sem flores, minha pele expelia um cheiro de rosas, era a pior parte em ser um filho de Perséfone, meu perfume natural era de mulherzinha.

- Então cansados de ficar nos chalés ou algo de importante que lhe trouxeram aqui? – Questionei fitando uma folha que se encontrava no solo. Que pergunta desnecessária, nem eu mesmo conseguiria respondê-la.










Oktav Fink Fountain





avatar
Oktav F. Fountain
Necromantes de Érebus
Necromantes de Érebus

Mensagens : 7
Pontos : 7
Data de inscrição : 31/08/2012
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
370/370  (370/370)
Energia:
370/370  (370/370)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Khallel Rurik em Seg Set 03, 2012 3:23 pm




Safe and Sound
I remember tears streaming down your face when I said: I'll never let you go,
when all those shadows almost killed your light.
I remember you said: don't leave me here alone, but all that's dead and gone and passed tonight.

O rapaz mal me cumprimenta e uma moça muito bonita aparece. Ouço ela dizer seu nome e em seguida ele fala o dele. Gravo ambos em minha mente. Sinto uma calma repentina e não gosto da sensação, provavelmente foi a menina que me provocou isso. Resolvo ignorar o fato de Elijah não saber meu nome e continuo sem me apresentar. Sinto-me incomodado, como se eu estivesse empatando algo. Um pensamento invade minha mente: talvez ele estivesse esperando por ela e não por mim.

Levanto-me do banco e sorrio para os dois semideuses, em seguida faço um gesto de despedida e então vou me afastando. Eu sei que é uma atitude que extrapola o antissocialismo, mas simplesmente perdi a vontade de ficar no bosque. Outro momento, quando não houver ninguém por aqui eu volto, mas por agora irei pra outro refúgio. Respiro fundo enquanto saio do Bosque Perdido, pensando se não seria melhor voltar e conversar. Decido que não e nem ouso olhar para trás. Que os dois pensassem o que quisessem, realmente não me importo.

khallel wears: here music: clica
humor: desconfiado notes: sorry, é que vou fazer uma hunter
avatar
Khallel Rurik

Mensagens : 6
Pontos : 8
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 24
Localização : Não me entregarei aos monstros. Q

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
290/290  (290/290)
Energia:
290/290  (290/290)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Petter Scarsozi em Qui Set 06, 2012 3:37 pm


Sometimes life it takes you by the hand

Eu não tinha um relógio, mas sabia que já estava ali há mais de trinta minutos. Nada que eu fazia parecia ter efeito sobre ele, eu o mordia e ele virava pro outro lado da cama, eu o beijava e ele continuava a dormir, eu o puxava e ele voltava para o seu lugar. O que seria necessário para tirar o meu namorado da cama?

- Levanta, amô, vai. Você dorme muito... - ele se revira na cama novamente, mas eis que surge uma ideia, uma infalível ideia de tirá-lo dali. Pulo para fora de sua cama e começo a mexer na sua escrivaninha. Na primeira gaveta, encontro algumas roupas dele; camisetas pólo, regatas e até uma branca estilo baby-look, ainda não tinha visto-o usando ela, suspiro só de imaginar como o seu corpo seria ainda mais irresistível com uma dessas. Na segunda gaveta, encontro várias cuecas. A grande maioria era Box, as suas favoritas (e as minhas também, confesso), resisto a tentação de imaginá-lo usando elas e passo para próxima gaveta.

A terceira e última gaveta está trancada, mas eu, um cleptomaníaco nato, consigo facilmente arrombar a fechadura. Abro a gaveta e encontro o seu grimório, o coloco entre meus braços e caminho até a saída do chalé.

- Amor, onde eu acho o ritual pra acordar semideus preguiçoso? - com os olhos semiabertos, ele me vê segurando o seu precioso grimório. Dou uma piscadinha e corro para fora do seu chalé, indo para a floresta.

Será que ele ia me perseguir usando um pijama?

****

Chegando na floresta, eu escalo uma árvore e fico folheando o grimório do Zachary enquanto ele me procura. Por mais que o grimório fosse algo único e inestimável para os filhos de Hécate, será que tinha algo sobre mim ali? Alguma anotação, ou meu nome escrito no canto de alguma página? Havia tantas folhas, não dava para eu conferir todas.

- Vem me pegar - digo sorrindo quando o vejo lá embaixo, me procurando.

I tie my hands up to a chair so I don't fall that way


avatar
Petter Scarsozi
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 25
Pontos : 23
Data de inscrição : 05/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
240/240  (240/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Zachary S. Osborn em Qui Set 06, 2012 4:07 pm

One Day for You
Make me wanna die



Ele me beijava, tentava me acordar, mas estava tão cansado, será que Petter não entendia isso? Começou a mexer em minhas coisas, ele sabia que aquilo me irritava, às vezes seu jeito infantil me tirava do sério, quando iria pedir pra ele parar o vejo correndo com meu grimório em mãos.

Peguei minha corrente enrolando em meu antebraço direito, prendi meu cetro em uma bainha na cintura. Estava irritado, como ele pode pegar aquilo de mim? Por que ele fazia esse tipo de coisa? Por quê? Tentava entendê-lo mas acho que isso nunca ocorreria.

Coloquei uma camisa branca colada ao meu corpo em gola “V”, uma calça jeans aderente a mim, por fim meus all star da cor branca. Meu humor estava baixo, e o que ele tinha feito só me vez ficar mais emburrado.

Parti em disparada atrás dele na floresta, de fato ele corria como ninguém, aquilo me deixava mais nervoso, ele poderia ler o que tinha escrito sobre ele, ele poderia saber das coisas mais profundas minhas, ele não tinha esse direito, isso deveria acontecer naturalmente, não daquele jeito.

Parei no útero da floresta, ampliei exponencialmente todos meus sentidos, e o encontrei em cima de uma árvore, segundos depois ele disse que era para ir buscar o grimório, desativei meus sentidos, girei minha corrente jogando-a na árvore que ele estava, ela aumenta seu tamanho conforme minha vontade. Segundos depois corri enrolando-a em meus braços indo assim até a direção dele.

- Sério Petter, me devolva isso, não estou com paciência hoje. – Disse ao chegar próximo a ele, olhei para cima fitando seus incríveis olhos, definitivamente paciência era uma das coisas que não tinha.






avatar
Zachary S. Osborn

Mensagens : 185
Pontos : 207
Data de inscrição : 03/04/2011
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
330/330  (330/330)
Energia:
330/330  (330/330)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Petter Scarsozi em Qui Set 06, 2012 4:33 pm


Sometimes life it takes you by the hand

Ele, visivelmente irritado, me alcança. Com bastante ignorância em sua voz, diz que está “sem paciência hoje”. A minha grande dúvida era saber se algum dia ele já teve paciência.

Depois de não encontrar nada escrito sobre mim, fecho o grimório e deixo-o atrás de mim, apoiado em grosso tronco da árvore.

- Bom dia para você também - evito o contato visual com ele e continuo - É, acho que tô errado mesmo em te acordar, afinal, você tem que dormir né? Faltam quantos minutos para sua próxima missão? Vai durar quantas semanas dessa vez? - mordo a minha boca com raiva, chegando à quase feri-la para evitar que a raiva me induzisse a falar algo que eu não devia.

Dou um selinho bem molhado nele e finalizo o mesmo com uma mordida - Desculpa, é porque não sei quando vou te ver de novo. Isso, se eu te ver de novo. Tantas missões... Só de pensar, argh! - fico invisível, seguro em um galho com as duas mãos e dou um belo salto em direção ao chão.

Reapareço, deitado no chão com as duas mãos na nuca. Olhando para o irresistivelmente, lindo, céu. A lua é a única coisa que ilumina a floresta, e mesmo assim, a tonalidade escura do lugar prevalecia. O céu negro, tão negro quantos os olhos do Zachary. Argh! Passaram-se tão poucos segundos e eu já estava pensando nele de novo. Fecho os olhos na esperança que, não vendo nada, nada me lembraria dele, mas, inevitavelmente, surge na minha mente, uma imagem dele, lindo como sempre, mas dessa vez, sorrindo. Não parecia o Zachary atual, o Zachary que adorava ficar bravo comigo.

I tie my hands up to a chair so I don't fall that way


avatar
Petter Scarsozi
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 25
Pontos : 23
Data de inscrição : 05/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
240/240  (240/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Zachary S. Osborn em Qui Set 06, 2012 5:00 pm

One night for you




Senti seus lábios nos meus, ele não compreendia meu lado nesse ponto, suspirei fundo talvez fosse muito duro com ele. Escutei atentamente tudo que ele me dizia, minha expressão permanecia firme, ele ficou invisível e apareceu deitado olhando o céu.

- Olha, eu sei que sou meio ausente, não te dou muito carinho, fico em missões, reuniões, mas você tem que entender que eu sou importante para Hera, tenho que ajudá-la, eu juro que vou tentar melhorar nisso, por você. – Disse enquanto deitava do lado dele, passei a mão por cima do seu peitoral, senti minha pele arrepiar, rocei meu queixo no pescoço dele.

- Pode não parecer, mas eu te amo, meu ladrãozinho. – Beijei seus lábios mordendo a parte inferior, passava a mão em seu peitoral enquanto descia para seu abdômen, suspirei em seu pescoço com a intenção de arrepiá-lo.

- Me desculpe por hoje? – Perguntei afastando nossos lábios, sorri fitando seu olhos claros, como aquele olhar me prendia. – Então gosta da noite? – Questionei o vendo focado no brilho das estrelas.






avatar
Zachary S. Osborn

Mensagens : 185
Pontos : 207
Data de inscrição : 03/04/2011
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
330/330  (330/330)
Energia:
330/330  (330/330)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Petter Scarsozi em Qui Set 06, 2012 5:29 pm


Sometimes life it takes you by the hand

E ele, como sempre, diz tudo aquilo que eu queria ouvir; fazendo o meu coração se derreter todinho, por ele. Eu tento resistir, mas quando começo a sentir suas carícias, um suspiro escapa pela minha boca.

- Hera precisa de você? E daí? Eu preciso mais - ele arranca o meu fôlego com a sua boca e me arrepia com a sua irresistível barba. Eu queria ficar bravo com ele, ser nervoso, abrir mão de tê-lo como ele mesmo fazia comigo tantas vezes, mas por hora, eu não consigo.

Eu interrompo nosso beijo e me viro para o outro lado; deixando minhas costas bem coladas no peitoral dele. Não queria olhá-lo nos olhos. Sem contato visual, ficava mais fácil de resistir, mas ainda assim, resistir a ele era algo quase-que-impossível.

- Ahn? Você o que? Me.... Ahn? Não entendi. Fala mais alto... - seus braços ainda me envolviam, mas nada me impedia de sair dali; eu podia me levantar e sair correndo, ele não me alcançaria, mas de repente, a grama tinha se tornado tão macia, os seus braços tão confortáveis. E a sua respiração? Tão quente no meu pescoço... Ela me prendia ali.

Ele me pede desculpas, calmo, muito calmo. Era impossível não perdoá-lo, mas eu, ao menos, consigo mentir - Não desculpo, ainda não... - digo com uma voz de quero mais. Coloco minha mão por cima do braço dele e o faço me abraçar com mais força.

I tie my hands up to a chair so I don't fall that way


avatar
Petter Scarsozi
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 25
Pontos : 23
Data de inscrição : 05/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
240/240  (240/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Zachary S. Osborn em Qui Set 06, 2012 6:18 pm

One night for you



- Eu já disse que vou mudar por você, você sabe que odeio quando viram as costas para mim. – Disse enquanto soltava-o, não sabia mais como ser compreendido, ele era tão complicado. Por que ele era tão duro comigo? Com ele eu tentava ser o melhor possível, será que não era o suficiente.

- Eu te amo, não brinque com isso! – Gritei emburrado, mordi meu lábio com força, fechei meus olhos segurei minhas lágrimas dei as costas para o filho de Hermes, tinha ficado incomodado com seu jeito frio comigo.

Pensei na primeira vez que nos vimos e nas vezes que tive que deixá-lo para cumprir meu dever nas missões, ele realmente não entendia isso, com isso ajudava pessoas, seres que precisavam de mim, por que esse egoísmo tão alto?

- Por favor, não fique assim comigo... – Disse enquanto o abraçava por trás, beijei sua nuca suspirando em seu pescoço, não conseguia bancar o durão com ele, pois não era nada disto, no fundo ele me conhecia, ele sabia.

- Você não acredita que vou tentar mudar? Não me ama? – Perguntei apertando-o com força, precisava entender o que ele sentia, isso era essencial para nós darmos certos. Mas será que ele queria a mesma coisa que eu queria?

- Me diga tudo isso que você vem guardando, quero saber. – Novamente beijei sua nuca, passei as mãos em suas coxas apertando-as com firmeza, ainda lembrava como nossos corpos se uniam com facilidade.






avatar
Zachary S. Osborn

Mensagens : 185
Pontos : 207
Data de inscrição : 03/04/2011
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
330/330  (330/330)
Energia:
330/330  (330/330)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Petter Scarsozi em Qui Set 06, 2012 7:00 pm


Sometimes life it takes you by the hand

Ele que sempre costumava me entender, descobrir tudo o que eu escondia mesmo quando eu me esforçava tanto; parecia não saber de nada, não me conhecer nenhum pouco. Até eu confesso que naquele momento, não conseguia entendê-lo, por mais que eu quisesse.

Na primeira tentativa dele beijar a minha nuca, eu me esquivo e me levanto.

Eu o puxo pela gola da camisa, mesmo não sendo o campista mais forte do mundo, consigo colocá-lo contra a árvore mais próxima, talvez fosse ele que tivesse deixado eu cometer tal ato, talvez ele quisesse ver até onde minha audácia iria.

- Não brinque com isso? VOCÊ QUE BRINCA COM ISSO! Brinca com a gente, É! - grito. Ali, com a sua expressão de dúvida, mesmo sentindo muita raiva, era impossível não admirá-lo, não querê-lo, não odiá-lo por me fazer o amar tanto. Eu preparo o meu punho, tento tomar coragem, mas na hora de lhe dar um soco, eu esmurro a árvore.

Era confuso o que eu sentia. Era como se eu quisesse atirar nele e, no segundo posterior, quisesse me jogar em frente à bala para protegê-lo. Se nem eu me entendia, como poderia cobrar isso dele?

- Sabe qual é o problema? É que todo santo dia quando eu acordo, a única coisa que eu quero é olhar pro seu rosto. Isso nunca acontece. NUNCA! - e as lágrimas que eu tentava, inutilmente, controlar, escorrem descontroladamente - Você e suas missões. Você tem noção do medo que eu tenho? Toda vez que você vai, nunca tenho certeza se vou te ver de novo. Os deuses te acham importante? Ótimo, que eles te façam imortal, então.

- Te amo tanto até quando quero te esquecer, é. E o pior de tudo isso, é que correndo risco de vida, me deixando sozinho às vezes, sendo ausente; é que nada disso impede que eu te ame absurdamente - encurvo o meu pescoço para baixo, mais uma vez, não queria olhá-lo nos olhos.


I tie my hands up to a chair so I don't fall that way


avatar
Petter Scarsozi
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 25
Pontos : 23
Data de inscrição : 05/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
240/240  (240/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Zachary S. Osborn em Qui Set 06, 2012 7:46 pm

One night for you



O vendo daquele jeito me fez pensar na gente, ele tinha uma certa razão, entendo que ele quer passar mais tempo comigo, eu tinha que saber controlar tudo isso, eu apenas o amava e sabia que ele me amava, mesmo daquele jeito diferente dele.

Passei meus dedos em sua face tentando limpar suas lágrimas, não queria ver ele triste, não ele. Abracei apertando contra meu corpo, sentia seu calor, sua presença. Beijei seus lábios com leveza, apertava sua cintura passando as mãos por dentro de sua camiseta, arranha suas costas com minhas unhas curtas.

- Eu te entendo, não tenta me esquecer. Por favor, me perdoe, vou mudar por você. – Minhas palavras tinha sido sinceras, meu coração palpitava com aquilo tudo, ficava enlouquecido ao sentir sua pele; que Hera nos abençoe.

Meus beijos desciam para o seu pescoço, sentia pressionado na árvore, esperava que ele confiasse em minhas palavras. Entrelaço meus braços em torno das suas costas, juntando ele junto a mim.

- Eu ti amo tanto que não consigo explicar, você me faz querer ser uma pessoa melhor... Eu sou louco por você. – Novamente busco seus lábios, enquanto o beijava acariciava-o por completo com os meus braços.






avatar
Zachary S. Osborn

Mensagens : 185
Pontos : 207
Data de inscrição : 03/04/2011
Idade : 23

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
330/330  (330/330)
Energia:
330/330  (330/330)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Petter Scarsozi em Sab Set 08, 2012 11:09 pm


Sometimes life it takes you by the hand


E ainda que as palavras deles tocassem bem fundo em mim, eu ainda estava decidido a resisti-lo.

Involuntariamente, meu rosto se levanta. Ele me beija, mas na primeira oportunidade; na primeira vez que a minha vontade dele fica mais fraca, eu o mordo. Interrompendo o nosso beijo.

Carinhoso como sempre, os seus carinhos vão além aos dos que sua irresistível boca podiam me proporcionar, tornando a tarefa de resisti-lo ainda mais árdua. Nossos corpos tão juntos me faziam perceber e sentir tantas coisas sobre ele: o seu coração acelerava na hora de dizer “Te amo”; conseguia sentir cada mísera batida. Sua testa enrugava quando ele tentava ser sério; era tão simples, mas tão charmoso. A sua respiração quente combinada com a sua barba sempre foi uma combinação tão perfeita que, independente da ocasião, sempre me arrancava suspiros.

Desisto de resisti-lo quando sua boca molha e marca o meu pescoço.

- Explicar? Ãhn? Pessoa melhor? Hm, sim... Não para - digo entre suspiros, guiando ele pela nuca. Eu tinha me esquecido de como ele me desconcentrava, mas os beijos dele me fazem recordar.

Decido que minha boca já tinha passado muito tempo longe da dele e eu o beijo, com vontade e, infelizmente, medo; medo de que pudesse, talvez, perder os seus lábios, medo de perdê-lo.

- Me leva, eu quero te proteger... - é o máximo que consigo pronunciar, abrir mão de seus beijos mesmo que fosse só para falar uma curta frase, era um desperdício. Deixo nossos lábios selados, eu os mordo e desço a boca pelo seu pescoço, faço questão de morder cada pedaço dele, e depois, levo minha mão até a gola da sua camisa, puxo-a para baixo e os meus beijos descem até o seu peitoral, enquanto minha outra mão mantém a sua cintura colada na minha.


I tie my hands up to a chair so I don't fall that way


avatar
Petter Scarsozi
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 25
Pontos : 23
Data de inscrição : 05/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
240/240  (240/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Blair C. Windsor em Sab Out 13, 2012 6:28 pm

Don't Leave me!
The queen of narcissism and the king of vanity
A lua brilhava no acampamento, o vento era calmo e tranquilizador, uma noite perfeita por assim se dizer. O chalé dez estava calmo e pacifico, muitos já dormiam, mesmo sendo apenas sete horas da noite! Quem dorme as sete horas da noite? Só os meus irmãos mesmo, de qualquer jeito, coloquei uma jaqueta, uma sapatilha e fui em direção ao famoso bosque perdido. Era um lugar calmo e lindo, era até facil de achar, mas dizem que vários "acidentes" ocorreram aqui... Suspirei pesadamente com esse pensamento e sentei em um banco.
-Mãe... Eu sei que não sou uma boa filha, mas acho que... Bom, sabe, eu só queria que você soubesse que eu te amo e queria que você tivesse orgulho de mim...
Revirei os olhos, eu estava parecendo muito ridícula, fazendo aquela cena para Afrodite.
Words
###

Notes
This is my oath to you


Tags
Ziggy e Max


Wearing


Cantando
TEMPLATE EDIT BY: GUSMEIRA AT OPS!



Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Ziggy Geisel Montecchio em Sab Out 13, 2012 6:38 pm

Estava no chalé, estava tudo muito calmo, e ridiculamente chato, então eu peguei um livro para ler, e comecei a a ler por um bom tempo, quando deu sete horas da noite eu me levantei da minha cama, guardei meu livro no criado mudo, e me arrumei, peguei meus óculos(Não vivo sem eles), e saiu do Chalé do meu pai, direto para o bosque perdido, tudo parecia mais calmo por lá, mas não estava ão chato como no acampamento, quando chego no local, vejo uma pessoa falando sozinho, no começo achei melhor respeitar seu canto, mas eu preferi conversar, afinal, sai do chalé para conhecer os campistas.

-Olá, percebi que falava sozinha, então decidi fazer companhia, mas se não quiser, posso achar outro lugar para ficar, prazer, meu nome é Ziggy Geisel, sou filho do Deus das forjas, Hefesto, esse lugar é tão bonito quanto o que falam dele, então decidi ficar um pouco aqui, o que faz sozinha nesse lugar tão solitário?

Fico, fitando-a.
avatar
Ziggy Geisel Montecchio

Mensagens : 18
Pontos : 22
Data de inscrição : 13/10/2012
Idade : 18
Localização : Quem sabe ^^''

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Blair C. Windsor em Sab Out 13, 2012 7:02 pm

Don't Leave me!
The queen of narcissism and the king of vanity
Soltei um pequeno gritinho quando um garoto se aproximou falando:
-Olá, percebi que falava sozinha, então decidi fazer companhia, mas se não quiser, posso achar outro lugar para ficar, prazer, meu nome é Ziggy Geisel, sou filho do Deus das forjas, Hefesto, esse lugar é tão bonito quanto o que falam dele, então decidi ficar um pouco aqui, o que faz sozinha nesse lugar tão solitário?

-Hã, eu.. Eu sou Blair Campbell Windsor, filha de Afrodite deusa da beleza e da sexualidade, bom e infelizmente do amor... O chalé 10 estava parado e chato, além do mais, eu sempre venho aqui quando quero pensar. Ah e pode ficar, eu gosto de companhia.
Sorri para o garoto e cruzei as pernas.
Words
###

Notes
This is my oath to you


Tags
Ziggy e Max


Wearing


Cantando
TEMPLATE EDIT BY: GUSMEIRA AT OPS!



Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Ziggy Geisel Montecchio em Sab Out 13, 2012 7:12 pm

Vejo que ela se assustou com minha presença, quando me comuniquei muito rápido, mas logo sorriu levemente, e depois volto a falar com ela, para não ficarmos ali parados e ficar a mesma chatice que está no chalé.

-No chalé do meu pai também estava chato, eu não entendo uma coisa, meu pai é o Deus das forjas, e eu não sei nem forjar, que filho sou eu, e ainda por cima sou uma criança, a algo pior que isso, acho que eu vou me lançar na boca de uma Hidra, ou voltar a ter minha vida normal.

Falo enquanto ficava olhando para o arredor.
avatar
Ziggy Geisel Montecchio

Mensagens : 18
Pontos : 22
Data de inscrição : 13/10/2012
Idade : 18
Localização : Quem sabe ^^''

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Blair C. Windsor em Sab Out 13, 2012 7:24 pm

Don't Leave me!
The queen of narcissism and the king of vanity
Suspirei e toquei sua mão enquanto sorria
-No chalé do meu pai também estava chato, eu não entendo uma coisa, meu pai é o Deus das forjas, e eu não sei nem forjar, que filho sou eu, e ainda por cima sou uma criança, a algo pior que isso, acho que eu vou me lançar na boca de uma Hidra, ou voltar a ter minha vida normal.

-Eu sei como é pequeno, mas nem sempre precisamos ter tudo a ver com nossos pais olimpianos, veja eu por exemplo! Eu não sou mimada, vaidosa ou uma quebradora de corações, mas sou filha de Afrodite! De qualquer jeito você deve treinar para sobreviver...não por seu pai, mas por você mesmo entende?
Amarrei os cabelos em um coque descuidado e dei de ombros.
Words
###

Notes
This is my oath to you


Tags
Ziggy e Max


Wearing


Cantando
TEMPLATE EDIT BY: GUSMEIRA AT OPS!



Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Ziggy Geisel Montecchio em Sab Out 13, 2012 7:30 pm

Vejo Blair tocar em minha mãe, e logo fico vermelho, e ouço ela dizer belas palavras.

-Eu sei como é pequeno, mas nem sempre precisamos ter tudo a ver com nossos pais olimpianos, veja eu por exemplo! Eu não sou mimada, vaidosa ou uma quebradora de corações, mas sou filha de Afrodite! De qualquer jeito você deve treinar para sobreviver...não por seu pai, mas por você mesmo entende?

- Isso foi lindo Blair, ninguém nunca falou um belo isentivo para mim igual a esse, muito obrigado, e agora estou começando a entender, mas se me perguntassem, se eu preferia Afrodite ou você, eu preferia você, seu jeito é diferente dos demais, e não é igual a sua irmãs ou irmãos, e isso é o que torna especial, e apesar de ser muito linda também.

Falo enquanto sorriu e fico vermelho novamente, eu sou meio tímido.
avatar
Ziggy Geisel Montecchio

Mensagens : 18
Pontos : 22
Data de inscrição : 13/10/2012
Idade : 18
Localização : Quem sabe ^^''

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Blair C. Windsor em Sab Out 13, 2012 7:35 pm

Don't Leave me!
The queen of narcissism and the king of vanity

- Isso foi lindo Blair, ninguém nunca falou um belo isentivo para mim igual a esse, muito obrigado, e agora estou começando a entender, mas se me perguntassem, se eu preferia Afrodite ou você, eu preferia você, seu jeito é diferente dos demais, e não é igual a sua irmãs ou irmãos, e isso é o que torna especial, e apesar de ser muito linda também.
Revirei os olhos e disse calmamente.
-Tenha cuidado com o que fala, Afrodite pode ficar com raiva, ela é bem ciumenta sabe? E obrigado pelo elogio, então quantos anos você tem pequeno?
Sorri para ele enquanto esperava sua resposta.
Words
###

Notes
This is my oath to you


Tags
Ziggy e Max


Wearing


Cantando
TEMPLATE EDIT BY: GUSMEIRA AT OPS!



Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Ziggy Geisel Montecchio em Sab Out 13, 2012 7:42 pm

Ouço ela falar, e logo depois eu respondo.

-Tenha cuidado com o que fala, Afrodite pode ficar com raiva, ela é bem ciumenta sabe? E obrigado pelo elogio, então quantos anos você tem pequeno?

-Ata desculpe, mas tem problema não, eu apenas transformo o medo em algo tipo balões de ar, é só não deixar ele estourar, eu tenho 13 anos, sou bem novo para os campistas que estão aqui, eu acho que o mais novo, mas minha mãe dizia que eu era uma máquina de matar.


Sorriu enquanto revirava os olhos, e sorriu levemente.
avatar
Ziggy Geisel Montecchio

Mensagens : 18
Pontos : 22
Data de inscrição : 13/10/2012
Idade : 18
Localização : Quem sabe ^^''

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Blair C. Windsor em Sab Out 13, 2012 7:46 pm

Don't Leave me!
The queen of narcissism and the king of vanity

-Ata desculpe, mas tem problema não, eu apenas transformo o medo em algo tipo balões de ar, é só não deixar ele estourar, eu tenho 13 anos, sou bem novo para os campistas que estão aqui, eu acho que o mais novo, mas minha mãe dizia que eu era uma máquina de matar.
Baguncei os cabelos dele e disse rindo:
-Ta bom oh máquina de matar. Você já arranjou um grupo fixo de missões? Ou vai seguir a onde?
Ele era fofo e pelo jeito um pouco tímido, mas só um pouco.
Words
###

Notes
This is my oath to you


Tags
Ziggy e Max


Wearing


Cantando
TEMPLATE EDIT BY: GUSMEIRA AT OPS!



Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Ziggy Geisel Montecchio em Sab Out 13, 2012 7:51 pm

Vejo ela zoar comigo pelo que eu falei, ta bem, falei agora tenho que aguentar.

-Ta bom oh máquina de matar. Você já arranjou um grupo fixo de missões? Ou vai seguir a onde?

-Na verdade eu sempre lutei sozinho, um dia desses foi contra uma Aswang, mas isso nem importou, ela foi apenas um pouco rude, tirando isso, ela é totalmente simpática, bem depois que se mata ela, mas respondendo direito sua pergunta, não não tenho.


Falo enquanto a olhava atentamente.
avatar
Ziggy Geisel Montecchio

Mensagens : 18
Pontos : 22
Data de inscrição : 13/10/2012
Idade : 18
Localização : Quem sabe ^^''

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Bosque perdido.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum