Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

.: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

.: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Érebus em Qui Set 06, 2012 2:18 pm


Coming in the Dark



Seu corpo semidesnudo remexia-se na cama, o filho de Perséfone e ceifador de Tânatos suava descontroladamente. Era Érebus, deus das trevas tentando se comunicar entrando em seus sonhos...

O garoto via montanhas rochosas, sentia um ar rarefeito, se via correndo fugindo de algo que não conseguia pronunciar, em suas mãos carregava uma coroa arroxeada, era uma das relíquias que Érebus precisava para sair do tártaro. Porém como o deus sombrio era inteligente enganou o garoto com sua lábia.

Allun decidiu ajudá-lo, mas as coisas não foram necessariamente contadas para o garoto, pulando da cama foi em busca do seu armamento, logo após viu uma legião de corvos adentrarem em seu quarto. Quando se deu conta estava com um mapa em mãos e nas montanhas.

Regras:
• 72 horas para postar;
• Leve as armas que conseguir portar;
• Conte como foi o seu dia.
• Boa sorte.





avatar
Érebus
Deuses
Deuses

Mensagens : 283
Pontos : 564
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 23
Localização : Olimpo

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Energia:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Allun D. Ornios em Sex Set 07, 2012 3:37 pm

Allun estava sentado na porta do chalé de Perséfone, observando as rosas negras que o cercavam. Já era noite, e ele não tinha o que fazer. Na verdade, ele não tinha nada para fazer o dia todo. Passava o dia caminhando pelo acampamento, observando os outros treinarem, e conversando com alguns campistas conhecidos. Isso quando não ficava deitado o dia todo... Menos de noite. Independendo do que fazia durante o dia, durante a noite ele sempre ficava na frente do chalé, olhando para as rosas negras e o céu.
O garoto ficou menos tempo do que o costume fora do chalé. Estava começando a ficar com muito sono, e decidiu ir dormir. Entrou no chalé, coberto pelo manto das sombras, que deixava seus passos silenciosos. Muitos de seus irmãos já dormiam, e ele não queria fazer barulho e acabar acordando algum deles. E seu manto sombrio era muito útil para isso. Quando chegou na sua cama, jogou o manto sombrio no chão e deitou-se na cama, com a roupa que estava. Não demorou muito para adormecer; e acabou tendo um sonho perturbador.
Ele corria de alguma coisa que não sabia descrever. Olhando em volta, conseguia ver montanhas. Ele não sabia onde estava. E nem o que aquele sonho significava. Em suas mãos, ele carregava uma coroa. Isso foi tudo que viu, antes de acordar.
Sentou-se na cama, soando. Olhou em volta, pelo chalé, para ver se não tinha acordado nenhum dos seus irmãos. Todos dormiam. Deixou a cabeça pender para baixo, encarando o chão e relembrando o sonho. Aquilo sonho era obra de Érebus. Disso ele sabia. O deus das trevas se comunicara com Allun, e pedira sua ajuda para... Para alguma coisa. O deus acabou convencendo-o a ajuda-lo.
Ele levantou-se da cama, trocando de roupa o mais silenciosamente possível. Depois, foi atrás do seu equipamento. Pegou seu Bracelete Sombrio e o Relógio do Ben 10, colocando ambos no braço direito. No seu braço esquerdo, colocou o Bracelete da Dor e o do Aranha. O último item que pegou foi o galho do inferno, que se transformava em um escudo indestrutível. Abaixou-se, pegando seu manto sombrio que estava jogado no chão. Cobriu-se com ele, deixando-o no formato de um manto. Não tinha necessidade de transforma-lo em outra roupa. Mal tinha ficado pronto, viu uma legião de corvos invadirem o chalé de Perséfone. E entre eles estava o seu corvo albino, Ghost. Estava se preparando para atacar os corvos, quando desapareceu.
Allun reapareceu em alguma montanha em algum lugar do mundo. Carregava um mapa, e empoleirado em seu ombro estava Ghost. O garoto acariciou a cabeça do corvo, olhando em volta. - Então, garoto... Sabe onde estamos? – O animal grasnou em resposta, e Allun sorriu. - Bom, vamos descobrir então. – Ele olhou o mapa que tinha nas mãos, e começou a caminhar para... Algum lugar. Olhava para frente, enquanto seu corvo olhava para trás, caso tivessem alguma surpresa desagradável.


Off: Coloquei o anel nos itens citados abaixo, mas não citei ele no post. Ele fica sempre no dedo, então não há necessidade de cita-lo... Acho. E sim, post ficou ruim.

☼ Escudo Infernal (Galho do inferno, quando ativado se torna um escudo inquebrável)

♠Bracelete da Dor (Quando ativado tripica a força física do usuário/ dura dois turnos/ Só pode ser usado uma vez em missão) [By:Ares]
Bracelete do Aranha: Andrus, era um ladrão muito ágil e esperto, era também chamado de o aranha, pois sua capacidade de escalar paredes, até mesmo lisas, era incrível. Quem usa esse bracelete poderá escalar automaticamente qualquer meio. [Presente de Hera.]

♣Relógio Ben 10 - Assim como pode servir como um relógio de brinquedo comum, do lado direito do mesmo, há um pequeno botãozinho que ao ser ativado pelo usuário, o mesmo poderá exalar um forte cheiro doce e agradável, que pode fazer o inimigo ficar a vontade do usuário. [Presente da Macária.]

○ Anel da Vida Terrena [Anel feito de ouro negro, contém um diamante transparente incrustado, dentro da pedra preciosa há o reflexo alma dos ceifadores. Esse anel não pode ser destruído, não pode ser retirado, concede a benção dos poderes de Tânatos.] [Item Obrigatório]

○ Bracelete Sombrio [Feito de ossos humanos com prata celestial é extremamente branco, possuindo um diamante negro em seu centro, se transforma em uma foice com a mesma propriedade, porém sua lâmina é de um metro de comprimento. Nunca perde o fio, a cada monstro ou ser que matar parte das almas entra na foice, assim ocasionando um dano extra de 10 HP por alma presa. Número de almas 00.] [Item Obrigatório]

○ Manto Sombrio [Manto encapuzado que se adere perfeitamente no corpo dos ceifadores, com ele a presença deles não são notadas, seus passos são silenciosos. Manto completamente negro que pode se transformar em qualquer peça de roupa negra, provoca medo em seres e semideus mais fracos do que o usuário.]

Bracelete do Aranha: Andrus, era um ladrão muito ágil e esperto, era também chamado de o aranha, pois sua capacidade de escalar paredes, até mesmo lisas, era incrível. Quem usa esse bracelete poderá escalar automaticamente qualquer meio. [Presente de Hera.]




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Érebus em Sab Set 08, 2012 12:21 pm

Coming in the dark




O semideus havia chegado ao local correto, com apenas o mapa na mão seguiu em direção reta até as montanhas, tudo parecia estar na perfeita harmonia, engano total.

Um alto barulho repercutiu no céu, quando campista pensou em olhar um Grifo desceu em uma investida perigosa até ele, por sorte conseguiu desviar com um impulso para o lado. Parecia que seu primeiro obstáculo começaria logo cedo, ou era apenas um teste do deus das trevas?

Allun permanecia no chão, enquanto isso o monstro se recuperava da investida, em poucos instantes o combate começaria, pelo jeito que estava o ceifador não tinha vantagem, o que ele fará? Como sairá vivo disto? O grifo fez um som com seu bico causando uma dor desagradável nos ouvidos do semideus...

Regras:
• 72 horas para postar;
• Armas e Habilidades sempre em spoiler ou quote;
• A luta começou, ataque-a. Cada pode ativo usado descontarei de 10 à 35 MP.
• Boa sorte.




avatar
Érebus
Deuses
Deuses

Mensagens : 283
Pontos : 564
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 23
Localização : Olimpo

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Energia:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Allun D. Ornios em Seg Set 10, 2012 7:09 pm

O garoto seguiu o caminho indicado pelo mapa, procurando... Bom, ele não sabia exatamente o que procurava. Apenas seguia o mapa, e esperava que ele o levasse até um lugar seguro. Não gostava daquelas montanhas. Queria sair delas logo. Aquelas montanhas lembravam seu sonho. Lembrava a criatura da qual ele corria. E isso lhe causava arrepios pelo corpo todo. Aquele sonho podia se tornar realidade; e ele tinha a leve impressão de que iam se tornar.

Depois de algum tempo caminhando, chegou ao local indicado pelo mapa. Seu corvo crocitava de tempos em tempos, voando ao redor de Allun e olhando o local a sua volta. Ter o corvo observando tudo deixava o ceifador mais seguro. Ele lhe avisaria se algum perigoso estivesse próximo... Ou esperava isso. Esse tinha sido um dos motivos de ter levado Ghost. O segundo era um pouco... Estranho, para ceifadores. O garoto não gostava de ficar sem o animal. Não gostava de ficar sozinho em um lugar desconhecido. Onde não se via vida humana, e quase nenhuma vida animal. Isso o tornava um ceifador diferente da maioria; pois a maioria preferia ficar sozinha, isolada dos demais. Não gostavam de conversar. Allun era assim, parcialmente. Isso dependia bastante do dia. Alguns dias ele preferia ficar igual aos demais, sozinho, mas sempre com seu corvo. Noutros, ele preferia ficar na presença de humanos – conhecidos – para conversar. Era algo estranho? Sim. Mas cada grupo possuía algum membro estranho. E Allun devia ser o mais estranho dos ceifadores.

O garoto tinha diminuído o tamanho e a velocidade dos passos ao chegar ao ponto marcado no mapa. Ele não achava nada de diferente. Talvez Érebus tivesse se enganado ao marcar aquele lugar. Talvez o que ele procurasse estivesse dentro das montanhas. Uma caverna, quem poderia saber? ”Talvez eu devesse ter ficado no chalé, dormindo.” Pensou, lançando seus ombros para frente. No mesmo instante em que um grito veio do céu.

Ele se preparava para olhar para trás, mas a criatura já avançava em sua direção. Por instinto, saltou para o lado, e conseguiu um vislumbre da cabeça e das asas da criatura. Parecia uma... Águia? Não, não era uma águia. Era muito maior, e parecia ter... Patas? Ele não conseguiu distinguir a criatura, porque o chão veio de encontro ao seu corpo. O garoto rolou para o lado, e conseguiu ouvir seu corvo crocitando loucamente enquanto voava em sua volta. O garoto fez um gesto para ele, pedindo para se acalmar, e ele obedeceu. Allun estava bem... Por enquanto.

Colocou-se em pé, batendo as mãos no seu manto de ceifador. Ainda estava inteiro. A pergunta era: por quanto tempo? Ele olhou para a criatura que investira contra ele, e conseguiu ver o que era. Cabeça e asas de águia, e corpo de leão. Um grifo. Criaturas magnificas; e igualmente perigosas. Antes que o filho de Perséfone pudesse pensar em algum contra-ataque, o grifo voltou a investir contra ele. Desta vez, criando um som irritante com seu bico. Levando suas mãos até os ouvidos, ele lançou um olhar para o seu corvo. E instantaneamente ele entendeu.

Ghost começou a aumentar de tamanho. Dobrou de tamanho, triplicou, e continuou crescendo, e só parou ao atingir o mesmo tamanho que o grifo. Ele crocitou o mais alto que podia, tentando fazer o grifo encara-lo. - Bom garoto! – Gritou Allun, montando no corvo que estava do seu lado. O som que o grifo produzia ainda o irritava, mas ele tinha que ignora-lo. Não ligava de ficar surdo, podendo lutar. - Avante! – Seu corvo pegou impulso no chão, bateu as asas uma vez e lançou-se para o alto, voando. O garoto sabia que isso não seria muito útil. O grifo também voava; e era exatamente isso que ele queria que a criatura fizesse. Travariam uma batalha no ar, onde achava ter mais chances de ganhar. Enquanto subiam, um dos braceletes que estava em seu braço direito – o sombrio – assumiu outra forma: a de uma foice. Sua arma favorita. Um sorriso psicopata tomou conta do rosto do garoto, enquanto ele segurava a arma na mão direita e se segurava no corvo com a esquerda, voando lentamente. Fazia bastante tempo que não matava. Será que grifos tinham bastante sangue? Esperava que sim. Ele assoviou uma vez, esperando que uma de suas habilidades preferidas surtisse efeito; revoada dos corvos. Se tudo corresse como o garoto esperava, em poucos segundos estaria cercado por corvos que obedeceriam a ele. E a ordem era simples: protege-los. Caso o grifo tentasse algum ataque surpresa, eles se lançariam em sua direção, atacando com bicadas e lançando penas afiadas. E enquanto isso, eles iam ganhando altura, lentamente.


Passivos:

Nível 01: Perícia com Foices: O ceifador tem grande habilidade no manuseio de tal arma, tanto para ataque, quanto para defesa.
Nível 07: Agilidade: Seus movimentos são ágeis e sagazes. Sua agilidade é fina e descente, conseguindo desviar involuntariamente de golpes em algumas ocasiões.

Ativos:
Nível 06: Revoada dos Corvos: Os ceifadores tem empatia com essas aves, ao assobiar surgirá vários corvos ao seu redor, as penas dos mesmos são afiadas, quando o ceifador ordenar as aves atacarão os oponentes.

Bracelete Sombrio [Feito de ossos humanos com prata celestial é extremamente branco, possuindo um diamante negro em seu centro, se transforma em uma foice com a mesma propriedade, porém sua lâmina é de um metro de comprimento. Nunca perde o fio, a cada monstro ou ser que matar parte das almas entra na foice, assim ocasionando um dano extra de 10 HP por alma presa. Número de almas 00.] [Item Obrigatório]

Manto Sombrio [Manto encapuzado que se adere perfeitamente no corpo dos ceifadores, com ele a presença deles não são notadas, seus passos são silenciosos. Manto completamente negro que pode se transformar em qualquer peça de roupa negra, provoca medo em seres e semideus mais fracos do que o usuário.]

Ghost - Corvo Albino (Montaria)
— Cresce de acordo com a vontade do dono.
— Link Empático com o dono.
— Capaz de fazer nevar por onde voa.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Érebus em Qua Set 12, 2012 8:10 am

Coming in the Dark



O filho de Perséfone levantou voo em uma alta velocidade, se protegeu em sua volta com corvos, parecia que ele queria que o Grifo fosse às alturas. O animal híbrido levantou-se atacou um bom tanto dos corvos, e os mesmos o atacaram.

A criatura fitou o ceifador, se afastou em uma distância considerável, segundos depois ele voltou com uma enorme investida, até mais poderosa que a primeira, se aquele golpe acertasse Allun causaria grandes problemas.

O tempo se fechava a cada segundo, parecia que o grifo não seria o único problema para o semideus, na mente dele veio um pensamento esquisito, a cora no alto de uma montanha, brilhava intensamente, seu brilho negro ofuscava todo o local, no momento que o Grifo o acertaria o garoto saiu do transe.

Allun
MP 210/210
HP 210/210

Grifo
MP 230/250
HP 220/250





avatar
Érebus
Deuses
Deuses

Mensagens : 283
Pontos : 564
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 23
Localização : Olimpo

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Energia:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Allun D. Ornios em Sab Set 15, 2012 6:02 pm

O plano de Allun parecia estar correndo perfeitamente. O grifo atacou os corvos que o ceifador invocou, e os corvos o atacaram. O garoto não prestou atenção no que acontecera com os corvos, ou com o grifo. Apenas se afastou mais um pouco, olhando para os lados. Aquilo não mataria o grifo, ele sabia. No máximo, causaria alguns ferimentos.

Um pouco mais longe do grifo do que antes, voltou sua atenção para ele. Os dois se encaravam, e a criatura foi a primeira a fazer algum movimento, afastando-se. ”Droga... O que ele vai fazer? Fugir?” A resposta para sua pergunta veio segundos depois. E infelizmente, ele não fugiria. O grifo voltava em sua direção, com uma poderosa investida. Allun se preparava para fazer algum movimento, quando sua mente resolveu ter pensamentos estranhos.

Tinha a ver com a coroa que procurava. Ela no alto de alguma montanha, brilhando de um jeito sinistro. Será que ela estava no topo de alguma montanha? Não tinha tempo para pensar naquilo. Sua mente voltou ao normal, e o grifo estava na sua frente, pronto para atacar. Tinha que agir rápido, ou seria acertado... E não seria nada bom ser acertado, estando naquela altura. Se caísse...

Fechou sua mão esquerda com força, como se fosse dar um soco em alguém, e fez crescer espinhos nela. Apontou-a para o grifo, e disparou os espinhos contra ele. Caso o acertasse, poderia deixa-lo confuso, mas não estaria nem perto de ficar totalmente a salvo dele. - Para baixo, Ghost. – Murmurou para o seu corvo. O animal compreendeu no mesmo instante, e desceu, indo em direção ao solo. Enquanto descia, Allun testava uma habilidade que nunca tinha usado. Pretendia deixar o ambiente em que estavam na maior escuridão possível, e quando fizesse isso, usaria outra habilidade. Desta vez, apagaria completamente a sua presença, impedindo o grifo de saber onde ele estava. Deste jeito, poderia pensar em algo para acabar com ele.


Obs: Usei o Welcome to Hell para poder usar o Sombra Oculta. O Welcome escurecia, e assim eu poderia usar o sombra. /o/

Passivos:

Nível 9 - ◙ Welcome to Hell: Deixa todo o ambiente assombrosamente escuro, auxiliando no uso de muitos dos poderes dos filhos da deusa, que necessitam da escuridão. (Duração de três turnos)

Ativos:

Nível 2: ◙ Sombra oculta. Em locais escuros você poderá apagar sua presença, ninguém será capaz de te sentir, ver ou tocar. (Tem de estar a noite, ou ter uma sombra equivalente a sua altura por perto)

Nível 3: ◙ Espinhos venenosos. Para evitar ataque físicos, os filhos de Perséfone nesse nível, são capazes de projetar espinhos venenosos de qualquer parte de seu corpo. Esses espinhos, podem lhe servir apenas de armadura, assim como serem atirados, contra o oponente. Os filhos da deusa não são imunes ao veneno, que provoca tontura e confusão, deixando o inimigo desorientado. (Quanto maior a criatura, maior a quantidade espinhos a serem usados para feri-la.)

Ghost - Corvo - Montaria
— Cresce de acordo com a vontade do dono.
— Link Empático com o dono.
— Capaz de fazer nevar por onde voa.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Érebus em Dom Set 23, 2012 1:33 pm

Coming in the dark



Do nada o Grifo virou pó, o filho de Perséfone ficou abismado, ou curioso com tudo aquilo, de seu corvo viu o brilho da coroa do alto de uma imensa montanha, já sabia aonde deveria seguir.

O tempo se fechou aos pouco os pingos de chuva ficava forte, os raios contornavam os céus, ele não conseguia explicar o que estava havendo, talvez fosse uma tempestade se aproximando ou algo de estranho.

Neste momento a coroa imitiu um enorme brilho que o deixou desorientado, seus olhos ardiam, seu corvo começou a cair das alturas pois havia perdido a consciência. Em segundos sua vida seria ceifada, meio comido um ceifador sendo ceifado, mas era o que ocorreria.






avatar
Érebus
Deuses
Deuses

Mensagens : 283
Pontos : 564
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 23
Localização : Olimpo

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Energia:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Allun D. Ornios em Ter Out 02, 2012 7:16 pm

Allun viu o grifo virar pó do nada. Não tinha tocado na criatura. Mal se aproximara dela direito. Aquilo o deixou preocupado. Qual era o significado daquilo? Seria obra do deus que lhe enviara ali, Érebus? Talvez. Talvez o senhor das trevas temesse que o filho de Perséfone falhasse. Se isso acontecesse, ele não teria a coroa que tanto desejava. ”Mas para que ele a deseja?” Tais palavras estavam o tempo todo em sua cabeça. Ele era um garoto curioso. E Érebus não era um de seus deuses preferidos. Na mente dele, a coroa significava apenas uma coisa: problema. E o problema já podia ser avistado por ele. Uma luz roxa iluminava o topo da montanha, e ele já tinha visto aquela luz antes: era a coroa.

Gotas de água molharam o rosto do ceifador, assim como seu manto. Montado em seu corvo, ele levantou os olhos para encarar o céu. Trovões iluminavam tudo. Ficar voando não era boa ideia; raios podiam atingir ele e seu corvo a qualquer momento. E aquela tempestade era estranha. Era repentina demais. Ele acariciou o pescoço de Ghost, segurando-se firme nele. - Vamos lá, garoto. Essa tempestade é perigosa, mas temos que pegar a coroa. Se aproxime com... – Suas palavras foram interrompidas por um brilho roxo. Um brilho mais forte do que qualquer outro que já tinha visto, e muito mais medonho.

Seus olhos começaram a arder, e ele ficou desorientado. Não sabia para onde estava olhando. Mal conseguia distinguir as formas em sua volta. Infelizmente, esses pequenos detalhes não eram seu maior problema. Seu corvo estava caindo. O brilho o fez perder a consciência. ”É assim que eu morro?” Perguntou para si mesmo, em pensamento. Não tinha nada para fazer. Não tinha asas. Não tinha como escapar. ”Que tal eu rezar para os deuses?” Era uma ideia ridícula. E mesmo que não fosse, não faria tal coisa. Nunca foi alguém muito ligado aos deuses. Não apelaria para os deuses apenas porque estava prestes a morrer. - Ghost, acorde! Corvo idiota! Vamos morrer. Vamos os dois morrer! – Gritou, agarrando-se ao pescoço do seu corvo. Corvo... ”Corvos.” Usar aquilo uma segunda vez seria cansativo, sem contar que precisaria de uma quantidade muito maior deles, mas... ”Melhor do que morrer.” Levou uma mão até a boca, assoviando o mais alto que pode. Esperava que os corvos ouvissem seu chamado, e viessem em grande quantidade. Talvez eles pudessem salvar Allun e seu corvo. Talvez ele simplesmente morresse.

Ativos:

Nível 6 - Revoada dos Corvos: Os ceifadores tem empatia com essas aves, ao assobiar surgirá vários corvos ao seu redor, as penas dos mesmos são afiadas, quando o ceifador ordenar as aves atacarão os oponentes.




Minha sexy lady totosa, Demetria. ♥

"No alto dos céus a noite mais densa desponta,
Enquanto a luz morre a escuridão toma conta,
Almejamos seu fim e miramos seu coração,
Pela minha mão negra os mortos se erguerão!"
avatar
Allun D. Ornios
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 126
Pontos : 111
Data de inscrição : 13/06/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
220/220  (220/220)
Energia:
220/220  (220/220)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Érebus em Dom Out 21, 2012 1:53 pm

Missão Cancelada
.: 90 XP :. - Pelos os post já postados
avatar
Érebus
Deuses
Deuses

Mensagens : 283
Pontos : 564
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 23
Localização : Olimpo

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Energia:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: .: Dinâmica Externa - Coroa dos Pecados :.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum