Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

One Post - Haruka — A Estrela do Rock em Apuros.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

One Post - Haruka — A Estrela do Rock em Apuros.

Mensagem por Hefesto em Qui Set 20, 2012 6:16 pm

Devido aos frequentes ataques, Quíron tem ficado preocupado com os semideuses que sobreviveram e agora tem suas vidas publicas, e ainda mais um em comum. Hector é filho de Ares, arrogante rockstar que nunca ligou para regras ou boas maneiras. O mesmo mandou um pedido de SOS para o acampamento meio sangue por mensagem de Íris, dizendo que estava sendo perseguido por uma horda de monstros. Quíron enviou Haruka para a busca do mesmo.

Dados da MIssão:
♦ Até sabado 22/09/2012 as 16:00 para postar.
♦ Minimo de 1000 palavras
♦ Post deve ser coerente
♦ Os monstros que perseguem o cara são Harpias, Dracaenaes, Ciclopes, Cães Infernais.
♦ Deve ir em busca do mesmo e trazê-lo de volta ao acampamento em segurança.
♦ Deve citar no mínimo uma intervenção que não tire totalmente o foco da missão na ida ou na volta.
♦ Boa sorte, Campista.


Hefesto
Deus do fogo e das forjas × Preferido da Blair e da Cornellie @thanks
avatar
Hefesto
Deuses
Deuses

Mensagens : 196
Pontos : 272
Data de inscrição : 29/08/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
9223372036854775807/9223372036854775807  (9223372036854775807/9223372036854775807)
Energia:
9223372036854775807/9223372036854775807  (9223372036854775807/9223372036854775807)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One Post - Haruka — A Estrela do Rock em Apuros.

Mensagem por Haruka Kuroyuri em Sab Set 22, 2012 6:04 am

Haruka Kuroyuri
15 ● Haruka ● Current User ● Kuroyuri

As batidas na porta do quarto de Haruka se intensificavam cada vez mais, o garoto já estava nervoso e estava fingindo que não estava no quarto, mas mesmo assim as batidas continuavam, Haruka levantou-se dando longos e pesados passos em direção a porta, abriu-a e se deparou um sátiro.

- S-Senhor Kuroyuri? – Gaguejou, parecia ter ficado com medo quando viu os olhos amarelados e cheios de ódio de Haruka. Haruka o agarrou pela gola da armadura feita de latão que vestia no momento.- O-O-O Senhor Quíron quer falar com você...

Haruka largou o sátiro no chão. Tantos campistas e Quíron havia de escolher logo o Kuroyuri que já tinha tantos problemas para lidar. Com o objetivo de acabar com isso logo, Haruka andou até aquela casa grande e azul que se erguia bem ao centro do acampamento meio-sangue. Argh... Acampamento meio-sangue, aquele título fazia Haruka morrer enojado, o mesmo já havia pensado varias vezes em deixar tal lugar e seguir sua própria vida. Mas por hora isso não iria acontecer.

Haruka subiu os três degraus que levavam a varanda da casa grande e entrou na casa. Já dentro da mesma, o filho de Hécate se viu cercado por vários quadros de campistas e esculturas em alto relevo nas paredes. Ao centro, uma mesa redonda gigante usada para reuniões dos lideres de chalés, Quíron estava sentado em uma dessas cadeiras.

- Kuroyuri, tenho um pedido importante para lhe fazer. – O Centauro que estava na sua forma humana se levantou da cadeira e andou até o filho de Hécate.- Eu ultimamente tenho andando preocupado com os semi-deuses que agora levam vidas públicas, muitos deles estão sendo caçados por monstros.

”E o que eu tenho haver com isso?”, Haruka queria falar.

- E eu preciso que você vá buscar um destes semideuses em especial.

Depois disso, Quíron contou sobre a sua teoria “o por que dos monstros estarem atacando mais ultimamente”.

Haruka saiu da casa grande fervendo de raiva, sua missão seria ir buscar um filho de Ares mimado e impotente. Onde já se viu um filho de Ares não cuidar de si próprio? Ridículo...

O Filho de Hécate entrou no seu quarto em busca das armas necessárias, por enquanto só duas armas eram suficientes, suas X-Gloves e a Hearth Taiga, suas luvas de metal estavam guardadas na gaveta da escrivaninha que estava próxima a janela, abriu o recipiente feito de mogno e se deparou com elas, as luvas de metal vermelho, com um grande cristal azul no dorso da mesma, este cristal era cortado por um X. Haruka as tirou de dentro da gaveta e colocou em suas mãos, prendendo cada uma com um cinto da mesma cor que tingia o metal da luva, as partes das articulações eram feitas de couro branco, e permitiam que Haruka fizesse qualquer movimento com a mão sem ser atrapalhado pelas rígidas placas de metais da arma. Hearth Taiga estava posta sobre a cama desarrumada do filho de Hécate, Haruka pegou o anel e colocou no seu dedo médio direito, por cima da X-Glove, ele havia dado um jeito de encaixar os dois, o garoto de olhos amarelos já estava pronto para ir atrás do filho de Ares.

Xingando baixinho, Haruka subiu a colina meio-sangue e foi até Argos que estava recostado numa árvore. Quando o garoto de olhos amarelos chegou perto de quem iria levá-lo para Los Angeles, percebeu que o mesmo dormia, era uma cena rara ver Argos dormindo, principalmente ver todos os seus olhos fechados ao mesmo tempo, Haruka socou o rosto do guardião do acampamento.

- Pronto... Agora você vai ficar com cinco olhos roxos, hehehe...- Argos fez um gesto obsceno para Haruka e o entregou uma chave com um formato de caveira, então na frente do filho de hécate surgiu uma moto negra de 4 rodas, não, não era um quadricículo, mais tinha 4 rodas, existiam dois pares grudados, dois na frente e dois atrás, Haruka olhou para Argos surpreso.

”Deixa eu entender... Argos está com preguiça e deu essa moto para eu ir a Los Angeles sozinho?” Argos assentiu, como se estivesse lendo os pensamentos de Haruka.

Pela primeira vez, o garoto de olhos amarelos se animou em ir naquela missão, não perdeu tempo, subiu na moto, deu a partida e foi para a estrada.


A moto negra ia em alta velocidade seguindo a estrada que levava a Los Angeles, porem pontos negros surgiram no chão e deles saiam 8 cães infernais do tamanha de pastores alemões que acompanhavam a moto de Haruka em alta velocidade, e mesmo naquela velocidade de 210 por hora, o filho de Hécate podia ver muito bem como eram aqueles cães, eles pareciam usar armaduras pregadas ao corpo, por nas pontas de suas caudas e no começo de suas articulações das patas dianteiras e traseiras haviam espinhos, em suas bocas, dentes de mais de 10 centímetros se projetavam para fora das mesmas. Os cães infernais formaram um círculo, cercando a moto de Haruka, um dos cães pulou encima de Haruka, que percebeu a ação e se abraçou a moto, fazendo o cão infernal morder o vento e cair encima de outro canino que estava do lado oposto a este, tanto o cão que pulou e o que foi atingido se desintegraram, Haruka sorriu, percebeu que apesar de estarem de armaduras, seriam fáceis de matar.

Haruka apertou o freio na guia do veiculo e diminuiu sua velocidade drasticamente, fazendo um cão infernal que estava na traseira ser atropelado pela moto, então aumentou a velocidade para conseguir acompanhar os cães restantes. Haruka encarou um dos cães e sorriu para eles, empinou a moto para esmagar a criatura com o pneu duplo dianteiro da mesma, porem o cão se esquivou, e se preparou para pular encima de Haruka, o cão infernal pulou, mas ainda no ar foi atingido por uma sombra negra, e sangue azul jorrou para todos os lados. Enquanto aquela sombra que havia atingido o cão infernal se distanciavam cada vez mais, Haruka olhou para trás, vendo Kuro, seu mascote e cão infernal se alimentando de sua vitima.
Menos quatro, só faltam quatro. O filho de hécate empinou a parte dianteira da moto, indo em direção ao seu próximo alvo, porem, os quatro cães restantes se uniram para aplicar um combo contra o garoto. Ao perceber que os cães estavam começando uma formação, Haruka pôs a moto plana no asfalto novamente.

O cristal alaranjado do anel Hearth Taiga começou a brilhar e se desprendeu da argola e começou a flutuar ao lado de Haruka, o garoto estendeu seu braço para pegar a joia e assim que tocou nela, a mesma começou a tomar a forma de uma espada em forma de chave, a guarda de mão ia do começo da lâmina até o pomo do cabo, dando uma proteção extremamente eficiente ao garoto, se projetando a partir da manopla, duas lâminas de prata que se juntavam no final reluziam a luz do sol. Os cães infernais pularam em direção a Haruka ao mesmo tempo, o garoto aumentou a velocidade para 380 por hora, aquela moto não era uma moto normal, e passou por debaixo dos cães infernais. O filho de Hécate deu meia volta e de 380 km/h foi para 0 km/h em questão de segundos, deixando a moto de frente para os cães infernais, a situação agora parecia um duelo daqueles medievais que os cavaleiros usavam lanças e tentavam furar um ao outro.

Um dos cães infernais partiu para cima do garoto, Haruka girou a guia da moto, e a mesma começou a acelerar, quando garoto e cão já estavam bem perto, a criatura pulou sobre a moto, porem, Haruka foi mais rápido, desferindo um corte horizontal com a sua Keyblade antes que o cão pudesse acertar o veículo e na sequencia, Haruka derrapou a moto em direção aos cães infernais desatentos, ele saiu da mesma antes de fazer tal feito. Fagulhas e mais fagulhas iam surgindo e quando a moto atingiu seu alvo, ela explodiu numa grande bola de fogo negro e azul.

- Kuro...- Sussurrou e seu cão infernal apareceu ao seu lado.

Kuroyuri montou no seu cão e deu dois tapinhas nas suas costas.

- Para Los Angeles, rapaz...- E assim, Kuro afundou no afasto.


Kuro e Haruka surgiram na frente de um clube noturno mas como ainda estava de dia o lugar estava fechado ou sendo preparado para um show aleatório hoje a noite, Hector podia estar nesta casa. Kuroyuri entrou na estabelecimento, lá dentro várias caixas de som e funcionários trabalhavam incessante mente, Quíron havia dito que Hector estava se refugiando no seu camarim que escondia seu cheiro dos monstros, Haruka foi para os fundos da casa noturno, foi para uma área nomeada de “ala das estrelas” e procurou o nome “Hector” na porta, assim que achou a tal porta, girou a maçaneta e entrou.

- SAIA DAQUI! – Gritou o astro do rock, ele tinha um cavanhaque negro e os cabelos espetados também negros, seus olhos vermelhos e a grande quantidade de músculos denunciavam que ele era realmente filho de Ares, mas aquela reação de medo demonstrava o contrário. - ME DEIXE EM PAZ!

Haruka andou até Hector e o segurou pela gola da camisa.

- Vamos, quero sair daqui logo... – Haruka o arrastou pela gola da camisa até a porta dos fundos que dava a um beco, Haruka e Hector saíram deste beco entrando na rua principal.

Mas antes de entrarem na rua principal, Haruka viu a enorme quantidade de monstros que estavam rondando na rua, se agachou e Hector, confuso, fez o mesmo. O cristal no anel de Haruka brilhou, então ele se transformou na sua keyblade que ficou flutuando no ar.

- Ok, o plano é o seguinte...- Kuroyuri pegou a arma que pairava no ar sem a ação da gravidade e a entregou à Estrela do Rock. – Você é filho de Ares e eu acho que você sabe lutar com uma espada, está vendo aquelas 5 dracaenaes ali? Deve ser fácil para você acabar com elas.

Kuro surgiu, saindo da sombra da parede, Haruka falou ao seu ouvido: ”Não deixe esse retardado morrer, pode fazer isso Kuro?”. O seu cão infernal assentiu com a cabeça.

- Eu vou começar atacando os ciclopes, aí você entra junto com o Kuro...- Falou.


Na testa de Kuroyuri, uma chama se acendeu, seus olhos amarelos se tornaram alaranjados e as suas X-gloves se incendiaram. Calmamente o garoto andou até a sua principal, deixando os monstros notarem a sua presença, sua maior preocupação eram os ciclopes que estavam armados com porretes. Pouco depois de Kuroyuri ter entrado na rua principal, Hector surgiu balançando a keyblade de um lado para o outro e com Kuro atrás dele. Um filho de Ares inútil. Haruka encarou os quatro ciclopes e olhou para o seu primeiro alvo enquanto ele vinha gritando e girando seu porrete acima da cabeça. O filho de Hécate balançou seu corpo e correu numa velocidade absurda em direção a criatura, desferindo um soco na mesma e na sequência de ataques rápidos, uma joelhada no mesmo lugar do soco e finalizou com um gancho de direita, a ação foi tão rápida que não durou nem dois segundos.


A Shinu Ki Hono intensificava todos os atributos de Haruka enquanto ela estava acesa, e quando eu falo todos os atributos, eu falo todos mesmo, força, velocidade, percepção, caráter e até personalidade. Com a mesma velocidade que antes, só que um pouco mais lento, Haruka socou a cabeça de um dos ciclopes e outro que estava atrás do mesmo elevou seu porrete para acertar a cabeça de Haruka, porém o garoto percebeu a ação do terceiro ciclope e desviou, fazendo o mesmo acertar a cabeça da criatura que Haruka estava lutando, Kuroyuri aproveitou para gigante e desferir uma cotovelada no ciclope que havia matado seu companheiro, ele se fez em pó logo depois disso.

Agora só restava um ciclope, o problema era que ele não era normal, era maior que os outros e não usava um porrete, e sim, uma lança de lâmina dupla. Sky partiu para cima do ciclope e tentou desferir um soco no seu gigante tórax, porem o ataque foi bloqueado por aquela lança de lâminas duplas, o ciclope girou a arma de tal jeito que fez Haruka girar junto. Usando as usas luvas como propulsores, Kuroyuri atirou uma rajado de fogo para frente, e ao mesmo tempo que usou isso para se impulsionar para trás, também acertou o tórax do monstro, fazendo a sua pele ficar queimada e extremamente negra. O ciclope ficou atordoado e percebeu que era hora de acabar com aquilo.

Do mesmo jeito que se afastou, Haruka usou suas luvas para se impulsionar para frente e acertar um chute na cabeça do ciclope, o garoto conseguiu fazer tal ação, mas logo foi pego pelas mãos gigantes do ciclope que o apertou e jogou em direção a um prédio. Haruka quebrou uma janela e acho que até uma coluna de pedra no impacto, seu corpo já estava cheio de sangue e arranhões, ele teria que usar aquilo? Mas aquela técnica ainda não estava pronta! Mas ele devia tentar, mesmo que seja só 10% do seu poder total...

As chamas nas mãos de Haruka se tornaram mais intensas e ele as usou para voar. Flutuando a alguns metros do chão na rua principal encarando o ciclope que agora estava fascinado por ver a pequena criatura com quem lutara, voar. Rapidamente, Haruka estendeu uma de suas mãos para o Aldo oposto do ciclope e a outra para a sua frente. A mão que estava atrás do corpo de Haruka começou a lançar uma rajada de fogo de apoio, para o garoto não sair voando com o ataque que estava para desferir. Haruka deu uma última olhada para Hector, que lutava desajeitada mente contra uma dracaena e Kuro que lutava contra nove dracaenas de uma vez, aquele cão era o orgulho de Haruka. A mão que estava posta na direção do ciclope começou a brilhar, a chama se intensificou.

- X... – A chama explodiu numa rajada violenta de fogo que foi em direção ao ciclope.- -BURNER!


Pó. Tudo que sobrou do pobre ciclope foi pó, pó negro, seus restos carbonizados agora eram levados pelo vento. Haruka pousou no asfalto e sua chama foi lentamente se apagando, viu que seu cão e Hector já haviam dado conta dos monstros restantes, agora era só levar este filho de Ares inútil para casa.
- Suba no cão...- Haruka pegou Hector pelos braços e o colocou sobre as costas do cão infernal como se ele fosse uma criança.- Kuro, acampamento meio sangue. Eu sei que você só pode carregar uma pessoa então leve o Hector. – Disse, dando dois tapas no pescoço de seu mascote, então ele mergulhou na sombra de um prédio e desapareceu.

Um círculo mágico surgiu no chão e dele saiu um leão de juba flamejante, era o Dimon de Haruka, Natsu, que já estava na sua forma adulta. O Garoto montou no leão e como se já sabia, Natsu começou a correr em alta velocidade em direção a saída de Los Angeles, em direção a New York, para depois ir ao acampamento meio-sangue.





●2.538 words●


Código:
Poderes Usados:
►Dimon: O Dimon é a personificação da alma de seu dono, no caso os filhos de Hécate, os Dimons tem forma animal ainda não definida, enquanto jovem(período de 1 semana depois da reclamação) ele pode se transformar em qualquer animal que ele quiser, mais quando o adultos eles ficam com uma forma fixa. Tem uma HP específica, que tomaria conta da energia do filho de Hécate. Quando a HP chegar ao fim, o filho de Hécate não pode mais usar energia, como se ela tivesse acabado. E depois de um descanso de duas ou três horas, ela recarregaria novamente, pronta pra ser usada. E quando esgotado, o espírito some, só voltando quando estiver completamente descansado dentro do semideus.

►Chama da Determinação [ Chama que surge no meio da testa de Haruka, esta chama não é uma chama em si, e sim, uma aura que intensifica todos os atributos de Haruka temporariamente. ]

Armas usadas:
► Soul Gem [Uma gema que é adquirida através de um contrato com Hades, e logo depois é incrustada em uma parte do corpo à escolha do semideus. É a principal fonte de poder do comensal, mas também sua principal preocupação a partir do momento em que firma o acordo. Além das inúmeras capacidades adquiridas, a gema traz a responsabilidade ao portador: Se destruída, a gema que carrega sua chama vital, mata-o. Possibilita a dominação limitada de um elemento.]{ITEM OBRIGATÓRIO EM TODAS AS MISSÕES}

► X-Gloves [Um par de luvas vermelhas, com a sua maior parte em metal, mas sendo flexível. É feita do mesmo material da Soul Gem implantada no peito de Haruka. Potencializa sua chama de determinação e permite controle limitado sobre as chamas.]

► Taiga's Heart [Uma mistura de espada com chave, tem o seu cabo pintado de negro e com o formato de uma cabeça de chave, fornecendo boa proteção a mão do dono, enquanto a sua lamina é acinzentada e levemente cilíndrica, tendo dois gumes separados. Transforma-se num anel com um cristal laranja, o mesmo cristal que há nos olhos do leão no começo da lâmina da Keyblade, no final dela, onde está o olho e no pingente no final da corrente. no seu interior há uma escritura: "Beater Alliance"]


avatar
Haruka Kuroyuri

Mensagens : 27
Pontos : 59
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 19
Localização : Keep looking foward, maybe you found THE SLENDER MAN !!!

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
130/130  (130/130)
Energia:
130/130  (130/130)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One Post - Haruka — A Estrela do Rock em Apuros.

Mensagem por Hefesto em Seg Set 24, 2012 8:55 am

Tal como poderia ser qualquer missão, ela estava parcialmente concluída. Haruka já estava a retornar para o acampamento em seu Dimon, enquanto Kuro o acompanhava quase caindo pelo cansaço de tantas viagens pelas sombras feitas no curto período de tempo. A noite começava a cair e as luzes se viam na cidade mais ao longe, assim como os faróis dos carros que iam e vinham ofuscando os olhos de todos ali.
Hector se cansara e devolvera a Keyblade de Haruka antes de cair no sono sobre o pescoço do cão infernal e adormecer feito uma pedra, e então iniciou-se o ataque noturno. Um bando de harpias irrompia do céu, e duas delas agarraram Hector provindo das costas e levando o filho de Ares. Kuro não tivera tanta sorte, uma vez que o bando lhe golpeava com as afiadas garras nas costas enquanto o cão exausto tentava agarrar ao menos uma delas para evitar.
O filho de Hécate imediatamente deu a volta para ajudar seu mascote, mas o tempo fora além do que ele podia alcançar, e tudo o que sobrou foi um amontoado de pó dourado. Duas das harpias guincharam ao ver o campista e de imediato partiram pra cima do mesmo. As rápidas aves desviavam dos golpes da keyblade, uma vez que mais lentos devido ao cansaço que o mesmo sentia, ainda mais ao derrotar alguns ciclopes. Daquela luta, a distração fora feita, e uma carreta surgia de uma das curvas, o motorista tentava buzinar e desviar, mas não havia tempo. Haruka agora estava atropelado e era arremessado para longe enquanto as harpias tornavam-se pó.
Não demorou, e o acampamento soube da morte do garoto, onde se prepararam para um funeral, e em dois dias, o corpo do filho de Hécate e comensal de Hades fora enterrado.


Explicações gerais:


O post conteve inúmeros erros e foi vista a visível cópia de outro lugar, a criatividade da trama lançada foi boa, porem a leitura ainda foi maçante e pouco interessante, onde a falta de detalhes com algumas coisas ajudou, e a falta de concordância com fatos, como Quíron se levantando da cadeira na forma humana e Argos não reagir ao soco. Assim como também dar uma moto ao campista. Erros de ortografia e gramática, dos quais dificultaram um pouco o entendimento de alguns pontos, a física incoerente de como as coisas aconteceram em batalha também foge muito, e enfrentar os ciclopes daquela forma e sair sem ferimentos, onde só o ultimo o jogou contra “um prédio”, e trocar os nomes de Haruka pra Sky onde nem ao menos faço ideia de quem seja.
Aconselho que observe mais esses erros antes de postar, também use o Word, mas muitas vezes o corretor dele faz coisas que estão fora do padrão, por que o mesmo analisa palavra a palavra e não contexto em si, então tome cuidado.
Qualquer duvida, me procure.

Att.

Hefesto.


Hefesto
Deus do fogo e das forjas × Preferido da Blair e da Cornellie @thanks
avatar
Hefesto
Deuses
Deuses

Mensagens : 196
Pontos : 272
Data de inscrição : 29/08/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
9223372036854775807/9223372036854775807  (9223372036854775807/9223372036854775807)
Energia:
9223372036854775807/9223372036854775807  (9223372036854775807/9223372036854775807)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One Post - Haruka — A Estrela do Rock em Apuros.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum