Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

Pânico no rio - Missão interna para Cameron D. Houshian e Genevieve C. Bornhöffer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pânico no rio - Missão interna para Cameron D. Houshian e Genevieve C. Bornhöffer

Mensagem por Eros em Seg Out 01, 2012 12:07 am


Pânico No Rio



O dia estava quente e ensolarado, o que fazia com que diversos campistas buscassem meios de se refrescar a fugir da força de Apollo e Hélio. Um dos locais mais buscados era o rio, que oferecia muita diversão para aqueles que tolerassem e respeitassem as Náiades que adoravam pregar peças nos semideus que apareciam por lá.
Tudo ia bem, todos se divertindo e brincando, até que uma das Náiades, que aparentava ser bem jovem, surgiu na margem do rio (com seus cabelos ruivos curtos chicoteando o ar enquanto ela corria desesperadamente por entre os campista). Sua face era uma mascara de puro pavor e agonia.
_ Por favor _ gritava ela com sua voz infantil _ Vocês tem que me ajudar. Ele está vindo! Ele está vindo!
Foi ignorada por todos que ali estava, que eram todos grossos e rudes com a pequena ninfa. Dois semideuses, porém, se comoveram com o desespero dela e correram ao seu encontro, acalmando-a e tentando entender a situação.

Observações:

- 3 dias para postar
- Descrevam o cenário e clima juntamente com o que faziam antes da Náiade surgir.
- O que pensaram quando a viram e porque decidiram ajudar?
- Descrevam quais foram as primeiras impressões que tiveram um com o outro.
- Investiguem a situação o máximo que puderem, isto, é claro, sem assustar ainda mais a pequena.
- Sentimentos e pensamentos tem um peso importante na minha avaliação, não deixem de descrevê-los.
- Qualquer duvida MP

My Heart Bleed Just For You...
avatar
Eros
Deuses
Deuses

Mensagens : 27
Pontos : 39
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pânico no rio - Missão interna para Cameron D. Houshian e Genevieve C. Bornhöffer

Mensagem por Genevieve C. Bornhöffer em Qua Out 03, 2012 8:12 pm


Tell Me...
what's like to dream in black and white, so I can leave this world...

Fazia bastante calor naquele dia no acampamento, o sol brilhava intensamente no alto, num céu azul onde não havia presença de uma nuvem sequer. Estava deitava em minha cama, tentando me refrescar sob o ventilador de teto presente em todo o quarto. Tallulah ainda dormia e seria uma péssima ideia acordá-la de seu sono profundo. Levantei preguiçosamente da cama, bocejando e me esticando. Respirei fundo – bufando, na verdade – com aquele calor todo, Apolo deveria estar muito feliz naquele dia. Cocei os olhos algumas vezes e fui em direção ao meu guarda-roupa, pegando um short curto, uma camiseta branca larga (com uma caveira na frente) e um par de All Star preto com detalhes brancos. Peguei tudo e rumei para o banheiro, tomando um rápido e frio banho para afugentar o calor.

Quando voltei para o quarto, já vestida e com o cabelo preso em um rabo-de-cavalo bem alto, encontrei Tallulah já acordada. Perguntei se ela gostaria de ir dar uma volta comigo pelo rio, para aproveitar aquele dia quente, mas ela optou por ficar trancafiada no chalé, como de costume. Quando estava quase saindo do chalé, recuei um passo, indo até o meu baú de armas e pegando minha foice dupla – nunca se sabe o que pode acontecer no mundo de semideuses. Saí dos aposentos dos filhos de Hades, rumando rapidamente para o rio, em busca de um lugar fresco para fugir um pouco daquele sol, mas ao mesmo tempo, querendo aproveitar um pouco.

Chegando ao local, pude ver que vários semideuses tiveram a mesma ideia que eu: passar o dia no rio. Filhas de Afrodite e ninfas ficavam brincando com os sátiros que teimavam em cantá-las. Revirei os olhos quanto a isto, desaprovando a posição das filhas de Afrodite. Corri meus orbes pelo rio, em busca de um lugar que pudesse me recostar e aproveitar o dia. Acabei optando por uma pequena rocha de se instalava perto do afluente, deixando minhas foices do meu lado. Óculos escuros se encontravam na minha mão e eu os coloquei devido à alguns raios de sol intrometidos que perturbavam a paz de meus olhos.

Estava tranquila, por assim dizer, quando um grito agudo e estridente cortou a harmonia daquele lugar brutalmente. Levantei-me da pequena pedra, procurando a autora daquele grito; se fosse brincadeira, eu cortaria sua cabeça com minha foice. Mas não era. Uma pequena ninfa, bem jovem, estava chorosa e assustada. Corri até ela, de fato preocupada; algo não me cheirava bom. Parece que outro garoto teve a mesma ideia que eu – um garoto jovem, belo e encantador, por assim dizer –, mas ignorei meus pensamentos, perguntando para a jovem ninfa o que havia acontecido para tanto pavor.

O que houve, ninfa? Pode me explicar? Ele quem? ━ Indagava rapidamente, tendo cuidado para não deixar a pequena ainda mais nervosa. O rapaz também procurava saber o que havia acontecido, talvez ele estivesse com o mesmo espírito solidariedade que o meu naquele dia, ou não.



Notes: foi mal a demora >:
Wearing: Aqui


avatar
Genevieve C. Bornhöffer
Filhos de Hades
Filhos de Hades

Mensagens : 4
Pontos : 4
Data de inscrição : 01/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
150/150  (150/150)
Energia:
150/150  (150/150)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pânico no rio - Missão interna para Cameron D. Houshian e Genevieve C. Bornhöffer

Mensagem por Cameron D. Houshian em Qua Out 03, 2012 9:47 pm

Hell or Hallelujah

I rode the highway to heartache I took a trip on the ship of fools! And I've paid the price to have my way 'cause money makes the rules, yeah! Hell or hallelujah! No matter what you do, I'm running through ya'.


A ideia de chuva às vexes não era tão ruim assim, ainda mais quando se vive num lugar onde o tempo está sempre ótimo com a sol brilhando e poucas nuvens o encobrindo. Naquele dia parecia que de repente estávamos no inferno. O calor subia e descia em ondas que faziam com que o rapaz quisesse pular dentro de uma piscina de gelo. Ele não era muito fã de calor, e muito menos fã daquele calor. Se Apolo estivesse na sua frente com certeza daria um soco na cara dele por ter feito aquilo.

Cansou de ficar no chalé depois de suar feito uma torneira. Tomou um banho gelado e demorado, vestindo apenas um short preto e uma blusa de regata branca. Colocou seu colar de reclamação junto com a medalhinha na mesma corrente dele. Seu anel que se transformava em báculo estava em seu dedão, e quase levou sua espada, porém achou desnecessário. Saiu do chalé em direção ao rio para se refrescar, porém, aparentemente todos tiveram essa ideia.

O rio agrupava uma grande parte de semideuses que riam e se divertiam. Sátiros e ninfas estavam ali também, o que não era nada anormal. Resumindo: a felicidade era esbanjada por todos com sorriso e risadas, com exceção de Cameron que olhava tediosamente para todo mundo. Retirou a blusa jogando-a no chão antes de pular na água e espalhar água pra todos os lados não se importando a mínima em quem pegaria. Ficou ali, boiando, nadando de um lado para outro até que alguém gritou. Revirou os olhos achando que fosse uma daquelas filha de Afrodite estéricas, porém surpreendeu-se ao ver que era uma ninfa pequena e ruiva que corria para fora do rio gritando algo que não fazia muito sentido. Cameron vendo que ninguém pareceu dar atenção à naiáde, correu até seu encalço. Estava prestes à dizer algo quando alguém falou primeiro que ele, uma voz feminina tão doce quanto os olhos da portada desta. Ele fitou a garota de madeixas roxas à sua frente por um tempo que pareceu longo de mais. Sacudiu a cabeça tentando voltar aos pensamentos anteriores e dar atenção à ruiva ao invés de ficar admirando a outra semideusa.

Está tudo bem, estamos aqui para lhe ajudar. – Disse o rapaz tentando tranqüiliza-la. – Tem alguém lá no fundo? Algo ruim aconteceu lá? – Perguntou ele olhando a ninfa nos olhos, enquanto tocava-a no ombro num gesto para confortá-la.


tagged: ninfa wearing: short preto e blusa regata brancanotes: Post lixo
thanks flarnius ops.
avatar
Cameron D. Houshian

Mensagens : 5
Pontos : 5
Data de inscrição : 16/11/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pânico no rio - Missão interna para Cameron D. Houshian e Genevieve C. Bornhöffer

Mensagem por Eros em Qua Out 03, 2012 11:28 pm


Os Ovos Furtados



Os dois semideuses realmente conseguiram acalmar um pouco a Ninfa, que começou a falar, entre soluços.
_ Ele estava dormindo, dormindo sobre os itens roubados, sobre o meu precioso tesouro. Não podia deixar ele possuir aquilo e então eu fui tentar pegá-lo de volta. Fo-foi quando ele acordou, seus olhos vermelho sangue e seus dentes tão afiados quanto adagas, eu tentei puxar rapidamente o meu tesouro para mim, mas... Mas ele foi mais rapido que eu, e conseguiu me atacar. _ Só então a pequena exibiu a mão direita, que possuía uma profunda mordida azulada no pulso, tão profunda que era um milagre ela ainda possuir a mão. Sua veias se encontravam arroxeadas, brilhando de uma maneira estranha e errada. _ Por favor, recuperem a tiara da m...
Seu corpo estremeceu, o brilho arroxeado se espalhou ainda mais pelo corpo da garota enchendo o seu coração com aquela cor de doença. Tossiu, uma tosse seca e ao mesmo tempo incrivelmente molhada, cambaleou e desmaiou. Foi segurada pelos braços fortes do rapaz, que a segurou antes de que a mesma atingisse o solo. Alguns campistas se aproximavam para ver o acontecido, e logo em seguida algumas outras Naiades. Irritada, a filha de Hades esbravejou para que todos se afastassem.
Odiava aquilo, aquela coisa natural do humano de ser um pouco abutre, sempre pairando sobre alguma desgraça. Porque não vieram ajudar quando a ninfa gritava por ajuda? Apontou para uma das Naiades e exigiu um diagnóstico completo.
_ Veneno. _ Disse ela, completamente direta ao ponto.
Perguntou se haveria algum antídoto, e o que havia causado aquilo.
_ A grande serpente é a responsável. Pelo estado dela, eu diria que vocês tem aproximadamente 1 hora antes que o veneno a mate. O antídoto é feito com um pouco de pele da criatura, saliva e sangue. Não somos páreas para ele. Vocês devem partir agora, ela depende de vocês.
Olhou para o outro semideus, ambos aceitando a missão que lhes surgia. Entraram dentro do rio e começaram a nadar.
Observações:


_ Graças a benção da Náiade vocês são capazes de respirar debaixo d’agua. Esta benção, porém tem limite de duração máximo de 40 minutos.
_ Devem mergulhar para o fundo do rio, buscando a grande serpente.
_ Estão decididos a recuperar a tiara mencionada e os ingredientes para o antídoto.
_ Depois de algum tempo nadando, perceberão um brilho dourado que os leva até uma fenda no fundo do rio. A serpente se encontra ali, troquem um plano rápido (a benção permite que vocês falem livremente debaixo d’agua) e entrem na fenda
_ Prazo para o post: 3 dias
_ Atrasos, favor enviar uma MP avisando (Sofrerá desconto de HP e MP)
_ Mais de 24h de atraso sem aviso/motivo plausível = Morte.
_ Qualquer duvida MP

My Heart Bleed Just For You...
avatar
Eros
Deuses
Deuses

Mensagens : 27
Pontos : 39
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pânico no rio - Missão interna para Cameron D. Houshian e Genevieve C. Bornhöffer

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum