Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

☼ Local público : Floresta do medo.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Psiquê em Sab Set 01, 2012 4:25 pm


Um local habitado pelos mais diversos, e distintos seres, isolado de todo o acampamento, ficando aos extremos destes onde nem mesmo os campistas mais experientes se atrevem a ir, sem a companhia de alguém. Segundo os rumores, o imortais caminham por ali, livremente...
Imagem da floresta:
Dizem que aqueles que adentraram o local, jamais foram vistos novamente.



avatar
Psiquê
Deuses
Deuses

Mensagens : 219
Pontos : 488
Data de inscrição : 09/05/2011

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Energia:
10000000/10000000  (10000000/10000000)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Sora Kuroyuri em Sab Set 08, 2012 7:45 pm







My drawn heart

IN THE HEAVY RAIN THAT WON’T STOP FALLING THIS IS A WORLD WHERE I PASS BY SUFFERING WHILE HAVING FORGOTTEN HOW TO SMILE IN THE MIDST OF CONFLICT AND PRETENSE IF MY HEART WILL BE DRAINED DRY– LIKE THE FLOWER FLOATING ON THE RAGING WAVES LEAD THE WAY, OVERCOME THE STORM











O gato abanou o rabo e o encarou, convidativo. Ele se fundia facilmente com as sombras por causa de seu pelo negro e parecia sorrir para ele. Mais uma vez, ele sacudiu o rabo.

"Venha", ele parecia dizer. Enquanto entrava cada vez na floresta, ele olhou para trás, seus olhos extremamente azuis reluzindo em meio a noite.


Ela traçou mais uma linha marrom extremamente suave, e depois outra. Quando se deu satisfeita com as vestes do garoto da direita, pegou o giz preto e realçou os traços principais da roupa e passou para o cabelo. não havia muito a ser feito: ela acrescentou um pouco de laranja e mais amarelo e se deu por satisfeita com ele. Ela começava a arrumar o menino da esquerda quando ele chegou.


Sora não tinha intenção de conversar, não agora. Ela simplesmente se ajeitou na árvore em que estava e se escondeu ainda mais em meio a folhagem. O capuz de seu casaco lhe encobria o rosto e a mesclava com as sombras.

O silencio absoluto... um conto fragmentado... um mundo sem você... os olhos iam se fechando. Algo tão natural e a memoria que vai além disto... Onde poderia estar, aquela pessoa?
O que havia restado para ela?

Sora estava desenhando instintivamente e parou, observando o seu trabalho. Estava bom para os padrões dela. A menina fechou o caderno de desenho, pois já havia percebido que estava sendo observada.
–Roxas... – ela murmurou, apreciando o som das palavras – Ei, você ai no chão. Seu nome é Roxas, certo?


Ela deu um risinho que ficou oculto pelas sombras.
– Ei, você ai no chão. Quanto tempo mais pretende ficar olhando para mim?




wearing: simple and clean; tagged: darkness; notes: another heart;





THANKS WIWI @OOPS!





in you and i, there's a new land...
the life is your last triumph...
avatar
Sora Kuroyuri

Mensagens : 38
Pontos : 60
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 20
Localização : Sora no Sekai

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
130/240  (130/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário http://sora-no-sekai.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Roxas S. Leonhart em Seg Set 10, 2012 1:39 pm










MEDO ;
--- Mais pesadelos virão a mim agora, mais do que tinha antes






Roxas semicerrou seus olhos e piscou algumas vezes, antes de entrar a misteriosa floresta, estava com medo, pois um filho de Hermes qualquer havia contado a ele que qualquer pessoa que ousava a entrar ali jamais voltava com vida. Suspirou, apoiando sua mão em uma das poucas árvores que tinha vida e era protegida da luz do sol. Barulhos penetraram o ouvido de Luke, algo semelhante como pés de algum ser pisando em folhas secas, com medo o rapaz fechou seus olhos de vez. Já estava ali mesmo, teria de perder todo o medo que havia a entrar de uma vez por todas, era isso o que queria.

Internamente, Roxas parecia vivenciar uma guerra entre sentimentos. De um lado, estava o seu espirito aventureiro, sedento por uma nova aventura, e o local onde poderia encontrar tal seria dentro daquela misteriosa floresta e do outro lado estava o seu medo, não havia relato de pessoas que haviam voltadas com vida daquele local e com certeza não seria a primeira. O garoto suspirou, mirando seu olhar na Arena, parecia tão atraente naquele dia, mas estava enjoado daquilo, piscou seus olhos e ajeitou a roupa que vestia. Camisa branca com detalhes vermelhos e negros, calças seguindo o mesmo molde e como acessório tinha uma pequena faixa em seus braços na cor xadrez.

O indefinido levou uma de suas mãos a cabeça e um pouco tonto devido ao sol quente que atingia sua face, seguiu em frente, passando por árvores mortas e vidas, cada uma tinha um formato diferente, uma estranha névoa cobria a região, deixando o lugar ainda mais sombrio. Uma doce voz feminina chamou o nome de Roxas, que se assustou de imediato e olhou para cima, vendo sentada ao galho de uma árvore uma garota de cabelos negros, estava oculta pela sombra, mas era bela.

Sim, me chamo Roxas. – Falou, com um pouco de medo, enquanto levava uma mão a seus cabelos amarelados e ajeitava os mesmos – Depende... – Ele soltou uma risada abafada – Pretende conversar comigo?






POST: 1º ■ TAGGED: Sora ♥ q ■ WORDS: Nº ■
CLOTHES: LINK AQUI ■ LYRICS: Numb - Link Park ■ NOTES: Tchu tcha tchu tcha


template by sayhitoruds from oops and aglomerado



avatar
Roxas S. Leonhart

Mensagens : 2
Pontos : 2
Data de inscrição : 08/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Sora Kuroyuri em Seg Set 10, 2012 3:38 pm







My drawn heart

IN THE HEAVY RAIN THAT WON’T STOP FALLING THIS IS A WORLD WHERE I PASS BY SUFFERING WHILE HAVING FORGOTTEN HOW TO SMILE IN THE MIDST OF CONFLICT AND PRETENSE IF MY HEART WILL BE DRAINED DRY– LIKE THE FLOWER FLOATING ON THE RAGING WAVES LEAD THE WAY, OVERCOME THE STORM











Os corvos revoaram pela floresta silenciosa e um passou perto de Sora. A única coisa visível em sua face era a pele branca, seu nariz e seus lábios pálidos. Era obvio o que eles queriam dizer, mas ela simplesmente os ignorou.


Um som suave foi ouvido quando a menina fechou com delicadeza o caderno de desenhos. Era simplesmente impossível saber o que estava pensando sem ver seus olhos: sua expressão era simplesmente vazia como a de uma morta sem aquele brilho mundano. O garoto falou alguma coisa, mas ela simplesmente passou a mão na beirada do bloco e pareceu suspirar, desapontada.

Pare de tentar fazer amigos para mim.


– Sim, me chamo Roxas – o garoto respondeu. Talvez ela tivesse que falar alguma coisa como um "oi", mas a continuação foi simplesmente fria.

– Ei, você ai no chão. Quanto tempo mais pretende ficar olhando para mim? – ela murmurou com desaprovação ao desconhecido. Sim, fuja agora e jamais fale comigo... era aquilo que os outros faziam. Havia uma pessoa que não, por causa daquela corrente invisível que os ligava, mas todo o resto a evitava: então Sora se trancará dentro de si mesma.
Não que ela gostasse disso.

– Depende... Pretende conversar comigo? – ele perguntou com uma risada abafada. Ela responderia rudemente, mas deu ombros. Sora não tinha certeza se ele havia visto.

– Meus planos eram de ficar desenhando e encontrar os Pequeninos mais tarde – ela respondeu – Mas ele se parece demais com você. Talvez eu fique mais um pouco.


Ela saltou do galho onde estava e aterrissou com suavidade no chão. Se ela errasse, sabia que alguém estaria ali para pega-la. Aquela presença a reconfortava de certa maneira, e ela não estava mais com medo.
– Roxas... – ela murmurou, se lembrando do menino no desenho.




wearing: simple and clean; tagged: darkness; notes: another heart;





THANKS WIWI @OOPS!





in you and i, there's a new land...
the life is your last triumph...
avatar
Sora Kuroyuri

Mensagens : 38
Pontos : 60
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 20
Localização : Sora no Sekai

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
130/240  (130/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário http://sora-no-sekai.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Roxas S. Leonhart em Ter Set 11, 2012 12:52 pm










MEDO ;
--- Mais pesadelos virão a mim agora, mais do que tinha antes






Os galhos secos das árvores remexeram-se de maneira suspeita, logo em seguida corvos revoou pela floresta de maneira barulhenta, um passou rente a face de Sora, e isso acabou assustando o indefinido, que temeu ver a garota tendo o seu rosto ferido, felizmente, nada disso aconteceu.

Após as ultimas palavras saírem dos lábios do garoto, a filha de Hécate pareceu que ia responder de maneira rude ao rapaz, mas antes disto deu de ombros e começou a explicar que iria ficar boa tarde do dia desenhando e depois iria encontrar os pequeninos, Roxas levou uma mão aos seus fios dourados e coçou o local, estava ligeiramente confuso. Após isso, a bela moça misteriosa continuou falando, finalizando as suas palavras dizendo que uma de obras era semelhante ao indefinido, este por sua vez olhou para os lados, sentia sua pele corar e por sua sorte estava escuro de mais para a outra ver isso.

Sora silenciou-se e Roxas pensou em fazer uma nova pergunta, apenas para ouvir novamente a doce voz da garota penetrar seus ouvidos mais uma vez, porém, antes de fazer isto, viu-a saltando do galho de onde estava de maneira perigosa. Medo. Foi isso que tomou conta do coração do indefinido quando viu tudo aquilo acontecendo, a moça poderia simplesmente cair de mau jeito e ferir o seu corpo, não, isso não poderia acontecer. Roxas abriu seus braços lentamente e estava pronto para segurá-la, mas não foi preciso esforçar-se tanto, Sora pousou majestosamente no chão e novamente citou o nome do indefinido.

O que meu nome tem de tão especial? – Perguntou ele, curioso, enquanto pisava nas folhas secas e caminhava na direção da garota – Prazer, Sora Strife Leonhart, campista indefinido e você? – Perguntou novamente, estendendo a sua mão.




POST: 1º ■ TAGGED: Sora ♥ q ■ WORDS: Nº ■
CLOTHES: LINK AQUI ■ LYRICS: Numb - Link Park ■ NOTES: Tchu tcha tchu tcha


template by sayhitoruds from oops and aglomerado



[/quote]
avatar
Roxas S. Leonhart

Mensagens : 2
Pontos : 2
Data de inscrição : 08/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Sora Kuroyuri em Ter Set 11, 2012 6:13 pm







My drawn heart

IN THE HEAVY RAIN THAT WON’T STOP FALLING THIS IS A WORLD WHERE I PASS BY SUFFERING WHILE HAVING FORGOTTEN HOW TO SMILE IN THE MIDST OF CONFLICT AND PRETENSE IF MY HEART WILL BE DRAINED DRY– LIKE THE FLOWER FLOATING ON THE RAGING WAVES LEAD THE WAY, OVERCOME THE STORM











Queime, fogo. Queime e ilumine o futuro deles. A verdade ainda sobrevive de certa maneira, mas logo será destruída e soprada para longe pelas areias do tempo.
Por isso... por isso, me impeça caso eu queira mentir para mim mesma.


O tigre negro saiu das sombras e ela acariciou de leve a sua cabeça antes de ele virar um gatinho nas mãos de Sora. Ela fez carinho em Ren e encarou fixamente Roxas.

– Você está aqui a tempo demais. A floresta é viva e não vai conseguir sair sozinho. Por que você não vem comigo?


De uma hora para a outra, o silencio virou a lei. Roxas e sua silenciosa companheira avançaram pela floresta, parecendo cada vez mais perdidos enquanto entravam em sua escuridão. O garoto loiro tinha certa dificuldade para enxergar, mas ela avançava com uma facilidade nunca antes vista.

– Deus! Pessoal, Deus voltou! – uma voz desconhecida soou de dentro da floresta. Outras três se juntaram a primeira e começaram a cantarolar em suas vozes agudas e diminutas "Kami-san"!

Sora parou e se ajoelhou e tirou de dentro de suas vestes pretas alguma coisa, um saco. Desamarrando o pequeno cordão arroxeado que o envolvia, ela tirou doces de lá e os colocou no chão.
A visão deveria ter surpreendido Roxas: a garota e os pequenos humanos com a altura de um palmo e vestes de cores extravagantes que pegavam seus doces, aparentemente gigantescos.

– Kami-san! Kami-san! Quem é ele? Ele é outro Niggen-san?? – a criatura anã mais da direita perguntou, e, em vez de responder, Sora lhe deu outro doce: um cubo de açucar. O sorriso em sua face pequenina aumentou e ele correu até os outros.

Eram o remanescente de uma vila de pigmeus que vivia por ali. Sora as havia encontrado e tomava conta deles desde então e as criaturinhas haviam começado a chama-la de Deus.

Enquanto devoravam ferozmente os doces, Sora se sentou ali por perto e começou a fazer uma cama de gato com o cordão.

– Você tem um bom nome – ela murmurou, mais para si mesma do que para alguém – Ele é de certa forma nostálgico.


Ren balançava a cauda ali perto, brincando com os pigmeus que Sora chamava de Fadas. Eles estavam embriagados por causa dos doces.

Sora pegou novamente seu bloco de desenhos e colocou o cabelo atrás do rosto, revelando um pouco mais a sua face e seus vividos olhos azuis.




wearing: simple and clean; tagged: darkness; notes: another heart;





THANKS WIWI @OOPS!





in you and i, there's a new land...
the life is your last triumph...
avatar
Sora Kuroyuri

Mensagens : 38
Pontos : 60
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 20
Localização : Sora no Sekai

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
240/240  (240/240)
Energia:
130/240  (130/240)
Arsenal :

Ver perfil do usuário http://sora-no-sekai.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Adan Evans em Seg Set 24, 2012 7:22 pm



Reencontro





"Perigoso" soou interessante quando Cosset pareceu se espantar um pouco com a ideia, ela não demorara para aceitar também visto filha de quem era, e logo disse que ia se preparar para a hora marcada.
Adan não hesitou em fazer o mesmo e correr para o seu chalé, onde demorou-se mais do que o habitual no banho. Colocara um jeans e uma camiseta pretana qual se encaixou bem, e por dentro dessa, o colar de penas dado por Hera, sabia que não ia correr riscos com Cosset estando com ele, mas ainda assim resolveu levar as espadas gemeas na forma dos braceletes de prata. Chegou um pouco adiantado a entrada da floresta, e ali ficou a esperar pela moça encostado numa arvore, enquanto lembrava-se do dia em que se encontraram por acaso. Fazia um bom tempo que não a via, então, a ansiedade vinha o tomar de leve na ausencia da mesma. Apertava um pouco os punhos para tentar segurar os animos e observava a lua cheia por um momento.








Music: none
Interacting: None
Notes: nada a declarar




avatar
Adan Evans
Devotos de Hera
Devotos de Hera

Mensagens : 33
Pontos : 37
Data de inscrição : 04/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
280/280  (280/280)
Energia:
280/280  (280/280)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Cosset H. Villaron em Seg Set 24, 2012 7:43 pm



Good see you...





Fazia algum tempo que Cosset não o via. Tempo. por que quando mais queria ele simplesmente não acelerava? Esse era um dos pensamentos que formavam o turbilhão. Ela aceitara encontrar-se com ele. Cosset amava Adan, e aceitar o convite feito por ele não era mais do que uma alegria.

Ela demorou para se aprontar. Mesmo usando roupas simples como uma blusa levemente decotada e uma calça jens, ela queria estar perfeita. Calçou um tênis e andou calmamente pela noite até a floresta.

Chegando no lugar, ela pode vê-lo de longe. Não pode deixar de abrir um sorriso. Ela escondeu-se por entre as árvores até chegar em uma que estava mais perto dele. Apareceu por trás dele e o abraçou.

- Sentiu minha falta?





• • • • •

avatar
Cosset H. Villaron

Mensagens : 5
Pontos : 5
Data de inscrição : 03/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Adan Evans em Seg Set 24, 2012 7:53 pm








Os minutos pareciam horas, e não a via chegar, será que desistira? Se sim, seria um desapontamento finalizante para Adan, que sentia o coração na garganta por um instante, coisa que não sentia a tempos, um nervosismo intenso e cheio de meias respostas, assim como surpresas que poderiam ser ou não desagradáveis, tudo iria depender de uma decisão dela.
Sua percepção fora a quase zero devido as preocupações que o rondavam a mente, estava bastante tenso, tanto que sabia que socar uma daquelas arvores, arrebentaria toda a sua mão e não passaria os efeitos do nervosismo, e então, o breve perfume chegou as narinas e o preencheu, trazendo um arrepio, e outro maior quando a moça lhe abraçou pelas costas. O alivio foi tamanho que Adan sentiu como se o corpo acabasse por ser solto de correntes. Levou as mãos as dela e acariciou a moça por um momento antes de virar-se para ela.
— Não tem nem ideia do quanto. Desculpe por não parar para conversar mais cedo... É que... Queria um pouco mais de privacidade com você. – disse gaguejando um pouco, mas agora que olhava-a nos olhos, sentia-se melhor.








Music: none
Interacting: Cosset
Notes: Agora sim.




avatar
Adan Evans
Devotos de Hera
Devotos de Hera

Mensagens : 33
Pontos : 37
Data de inscrição : 04/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
280/280  (280/280)
Energia:
280/280  (280/280)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Cosset H. Villaron em Qua Out 03, 2012 1:26 pm



Shut up.





Cosset não sabia o por que de Adan lhe pedir desculpas. O fato era simples demais para o garoto estar ali, lhe pedindo desculpas. Ela passou a mão vagarosamente no rosto do rapaz, demorando-se ao máximo possível. Ele era uma pessoa muito boa, e para dizer a verdade, a melhor que ela já conhecera, e tinha o privilégio de namorá-lo.

- Calado. Não há motivos para pedir-me perdão.

Ela estava feliz, mas tentava controlar o número de sorrisos que dava, pois achava-se idiota demais quando estava com ele. Cosset queria passar mais... Maturidade, e pretendia agir assim dali em diante.

- Privacidade? Por quê? - perguntou ela, olhando-o fixamente em seus olhos.






• • • • •

avatar
Cosset H. Villaron

Mensagens : 5
Pontos : 5
Data de inscrição : 03/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Adan Evans em Qua Out 03, 2012 1:43 pm

C'mon


Não evitou o sorriso ao afirmar da mesma, e a caricia que Cosset lhe fazia o levava a fechar os olhos por um instante. Logo, entreabriu os orbes castanhos muito claros e levou os lábios a beijar a ponta do nariz da garota, e sorrir maliciosamente ao que ela perguntava sobre a privacidade.
Uma breve brisa farfalhou as folhas a volta, deixando Adan um tanto quanto confuso sobre ter sido seguido por algum de seus irmãos ou um filho de Hermes se aproveitando da penumbra para pregar uma peça, mas se assim fosse, iam encontrar uma bela encrenca. Nada poderia estragar aquele momento com a moça que tanto amava e ficar impune.
Afastou-se, e ficou apenas a segurar a mão macia da moça antes de puxar a mesma para dentro da floresta consigo, era hora de mostrar a ela o que tanto queria.
— Vem, já vai saber. – disse enquanto ia cada vez mais para dentro da escuridão por entre as arvores.
...So keep fighting for your life
If you awake in the night
Feeling lonely and crying
Get it to week to resist
You must be strong and insist
Tomorrow will be
Will be worth

template by: MM's GIRL on Tdn!


avatar
Adan Evans
Devotos de Hera
Devotos de Hera

Mensagens : 33
Pontos : 37
Data de inscrição : 04/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
280/280  (280/280)
Energia:
280/280  (280/280)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ☼ Local público : Floresta do medo.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum