Bem-vindo ao Percy Jackson - Olympus RPG!

Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Eros em Dom Set 30, 2012 9:19 pm


Os Ovos Furtados


_ Semideuses _ Disse Quíron assim que os três novatos, que ele havia convocado previamente, adentraram a arena. _ Três ovos de Harpias foram roubados e agora todas elas estão enlouquecidas, destruindo coisas na cozinha e ameaçando devorar alguns campistas descuidados. Não sabemos quem foi o responsável por isso, mas todas as pistas apontam para a floresta. Vocês devem ir até lá e recuperar os ovos antes que tenhamos que tomar medidas drásticas contra das criaturas, e isso não seria agradável para ninguém.
E dizendo isso, ele partiu a galope para o refeitório de onde era possível ver um grande grupo de campistas fugindo de harpias agressivas e furiosas. Os três novatos trocaram olhares de receio e confusão, afinal haviam chegado a pouco menos de uma semana no acampamento e já eram designados para uma missão perigosa como essa. Sem ter como sair dessa situação, se apresentaram oficialmente, fizeram pequenas preces silenciosas e entraram na floresta, onde o desconhecido os aguardava.
Observações:

- Prazo para postar 3 dias
- Permitido levar 1 arma de ataque, 1 item de defesa, 1 item qualquer (que não seja nem de ataque e nem de defesa)
- Descrevam o que faziam antes e como receberam o recado de Quirón, que pedia para vocês o encontrar na arena, já com seus devidos equipamentos.
- Vocês conseguem observar alguns ataques das Harpias, descrevam como se sentiam quanto a isso.
- Ao descobrir sobre o que é a missão exponha como se sentiram e os pensamentos que tiveram.
- Finalizem o post entrando na floresta.


My Heart Bleed Just For You...
avatar
Eros
Deuses
Deuses

Mensagens : 27
Pontos : 39
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Simon C. McBride em Seg Out 01, 2012 9:37 pm


Sometimes life it takes you by the hand

O formato da minha foice e tamanho permitia fazer movimentos que um usuário de espada e escuro não conseguia, graças a isso, consigo levar a melhor no meu combate contra o filho de Ares. Primeiro eu arranquei o seu escudo, depois, derrubei a sua espada.

- A ira de vocês é o maior ponto fraco que vocês têm, filho de Ares - minhas palavras o irritam tanto que o rapaz se abaixa para pegar os pertences que ele perdera quando eu o desarmei e, antes dele me atacar, ouço o barulho de galopes no velho piso da arena - Dez minutos. É isso o que você tem para ir até o seu chalé e pegar os seus pertences mais importantes. Sim, é uma missão de extrema urgência - maior que o choque de o Acampamento precisar urgentemente de campistas para a missão, foi o choque de saber de que eu fui selecionado para tal. No meio de tantos campistas, por que ele me selecionara? Resolvo refletir sobre isso à caminho do meu chalé, afinal, o tempo era curto.

Corro até o meu chalé e, quando lá chego, só me preocupo em pegar a minha capa escudo e uma aljava de flechas, ambos presentes da minha mãe. Foice na mão, capa no corpo e aljava nas costas, devidamente equipado. Volto à arena. Ao chegar na arena, logo me deparo com duas campistas. Suspiro aliviado quando Quíron nos conta sobre a missão, por mais que recuperar ovos de harpias não parecesse ser muito perigoso, eu me sinto aliviado por não ter de enfrentar a missão sozinho.

Quíron galopa para o refeitório após nós dar instruções e a ordem de ir até a floresta. Da arena, agora, era possível ver a confusão que as Harpias faziam. Um campista, por questão de míseros milímetros, consegue evitar de ter o seu braço dilacerado pelas patas de uma. A arena não era muito distante do refeitório, por isso, eu não me sinto seguro estando ali.

- Eu sou o Simon e sou filho de Macária e vocês? - elas se apresentam, dizendo o primeiro nome e o progenitor divino. Sinto um leve desânimo quando descubro que estaria perto de uma mini-réplica de Zeus, o rei do autoristarismo e uma réplica de Afrodite. Provavelmente, para ela, o bom estado do seu cabelo e unhas era mais importante que a segurança do resto do time.

- Acho melhor irmos, então... - forço um sorriso e começo a correr, junto a elas, em direção a floresta. Meus passos se tornam ainda mais rápido quando eu vejo, um bando de sátiro, tocando as suas flautas e tentando, desesperadamente, prender as Harpias com as suas magias da natureza. Nada parecia funcionar.

Quando cruzamos a entrada da floresta, eu cravo a minha foice no chão. Uso a sua base como apoio para o meu ombro e sorrio para elas - Eaê? Alguma ideia?

Itens que estou levando:

- Foice Negra [Lança uma energia negra, que de acordo com o nível vai se fortalecendo cada vez mais, podendo fazer mais danos no inimigo, quando desativada assume a forma de um anel] {By: Macária}

- Capa escudo [Resistente, a capa fornece ao seu usuária a mesma proteção de um escudo. Quando desativada assume a forma de um casaco de couro negro.] {By: Macária}

- Arco Longo Negro, com Aljava [A aljava contém, pelo menos, 90 (noventa) flechas. Sendo que 10 (dez) destas, quando atirada no inimigo e o acertado, é capaz de prever sua morte da forma mais dolorosa possível, entretanto, a "visão" não é real e também não é verdade e quando esta acaba, o inimigo sente bastante cansaço, embora momentâneo com uma duração muito pequena.*

Só estou levando a ALJAVA.
I tie my hands up to a chair so I don't fall that way





Simon Corn McBride ;
avatar
Simon C. McBride

Mensagens : 5
Pontos : 5
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Cörnellie D'immortales em Ter Out 02, 2012 12:25 pm

YEAH! Go to fight!,
"Fugir não faz parte de um verdadeiro herói"

Eu estava treinando arco e flecha aquela manhã, não estava exausta mas meus braços doíam bastante, talvez um descanso prolongado seria o que eu precisava pra realmente ficar melhor e voltar as atividades diárias, dormir quem sabe fosse uma de minhas opções ou não, vinha tendo pesadelos sinistros nos últimos dias, no último eu via Cörallin cada vez mais longe e um garoto que eu não sabia quem era chamando-me mais e mais, era o tipo de coisa que eu desistira de decifrar faziam semanas e começava a tentar esquecer, porém era realmente difícil esquecer.

-Srta D'immortales, você está sendo chamada para comparecer a Arena. - Um sátiro interrompeu meus treinos, o que eu fiz daquela vez? Não seria outra ameaça do Sr. D. eu tinha voltado aos meus treinos e estava praticando arco e flecha e lutas contra monstros como qualquer outro campistas, sendo Dionísio ou Quíron não me restava nada a não ser ir até lá. Meus passos me guiaram até a casa grande, alguns gritos me chamaram a atenção mas não me fizeram desviar em nenhum momento se quer do caminho que havia tomado para mim, pude ver com meus próprios olhos harpias atacando campistas, quis ir até lá e ajudar como outros já faziam mas não estava afim de escutar broncas de ninguém além das supostas que eu já iria tomar.

Quando por fim alcancei meu destino pude ver outro campistas por lá, Simon, se não me enganara era esse o seu nome,eu não decorava o nome de muitas pessoas, mas sabia que ele era filho de Macária, era estranho, tinha o visto poucas vezes, eu tinha uma boa memória, uma das poucas coisas boas que sobraram em mim. - Vocês foram convocados para uma missão. - Eu? Missão? O.o Era estranho, eu não tinha muito tempo de Acampamento, pra ser franca aquele era meu primeiro verão por ali, não deveria ser algo muito difícil ou então eles mandariam campistas mais fortes certo? Demorei um pouco pra notar que Blair estava ali também, apenas sorri pra ela,ainda me mantinha perdida na curiosidade do que seria aquela missão. - Sou Cörnellie, filha de Zeus. - Respondi a Simon que estava a minha direita, ele não parecia nada contente em ver quem eram suas companheiras de missão.

Quíron partiu rumo ao refeitório onde as harpias atacam novamente outros campistas, continuei onde estava, inerte, balancei a cabeça de leve e me distanciei alguns passos. - Os encontro na entrada para floresta. - Deixei-os e fui rumo ao chalé um, o chalé de Zeus. Meu coração palpitava, minhas pernas estavam meio bambas, era estranho eu estar assim, mas eu estava, não gostava de tal sensação, peguei alguns materiais de meu arsenal pessoal, se algumas poucas armas pudessem ser chamadas de arsenal mas eu gostava de chamar assim. Não demorei a terminar tudo tinha que alcançar meus companheiros de missão, a floresta não ficava tão longe, pelo menos não achei, ou talvez meus passos largos estivessem me guiando mais rápido,pude vê-los um pouco a frente e logo os alcancei, parei ao lado direito de Blair , olhei pra dentro da floresta, eu segurava firmemente meu pingente em forma de raio que ganhara da minha mãe a dois verões. - Que os deuses nos protejam. - Murmurei baixo respirando fundo logo em seguida. Por fim adentramos a floresta a voz de Simon me chamou a atenção, pensamentos percorreram minha cabeça enquanto eu calçava minhas luvas com detalhes em adamantium e ajeitava meu relógio/escudo no pulso, verifiquei minha adaga presa a minha perna direita. - Acho melhor não nos separarmos, somos fracos, algo pode acabar nos matando,é melhor procurarmos os ovos juntos. - Eu não estava sendo covarde em querer ficar só com eles, porém eu temia por todos nós não só por mim.

O que estou levando:
Adaga de Bronze[Inicial]
- Escudo Tempestade [Um escudo de bronze sagrado e detalhes em adamantium que formam o desenho de raios. Transforma-se em um relógio]
- Luvas do Trovão [luvas com pontas de adamantium, aumenta o controle elétrico nos punhos além de causar mais danos quando usadas normalmente]



I'm Cörnellie, bitch!
Little Cönnie | FILHA DE ZEUS 'u' | É A CAÇULINHA LOIRA REVOLTADA MESMO!
avatar
Cörnellie D'immortales
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 26
Pontos : 30
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio - Sangue!

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Blair C. Windsor em Ter Out 02, 2012 3:55 pm


Does it matter now?




Eu tinha separado especialmente aquele dia para só ficar observando os campistas treinar e quem sabe aprender algumas coisas. Havia um garoto moreno que lutava, muito bem, contra um filho de Ares, ele parecia estar calmo com a situação ou eu que estava longe demais para perceber nervosismo, mas a prole de Ares parecia ficar cada vez mais irritada com o semideus. Mais afastado dali Connie treinava arco e flecha e ela parecia ser realmente boa naquilo.



_ Semideuses- A voz de Quíron inundou meus ouvidos me fazendo prestar atenção nele- Três ovos de Harpias foram roubados e agora todas elas estão enlouquecidas, destruindo coisas na cozinha e ameaçando devorar alguns campistas descuidados. Não sabemos quem foi o responsável por isso, mas todas as pistas apontam para a floresta. Vocês devem ir até lá e recuperar os ovos antes que tenhamos que tomar medidas drásticas contra das criaturas, e isso não seria agradável para ninguém.


Missão? Logo eu? De tantos campistas fortes que estavam ali na arena, Quíron havia escolhido uma filha de Afrodite que ninguém acredita ser capaz de ver algo além da própria unha? Balancei a cabeça e corri para dentro do chalé 10, enfiei no bolso a caixinha das lentes que havia ganhado de minha mãe e peguei meu chicote de couro, meus irmãos me olhavam e cochichavam algo, mas naquele momento isso realmente não me incomodou. Dei uma última olhada nas minhas coisas e sai do chalé em direção aos campistas que iriam entrar na floresta comigo.


Connie apresentou-se à Simon dizendo que era filha de Zeus, claro que para ela não era um problema dizer isso, mordi o lábio e disse - Sou Blair, filha de Afrodite. - O garoto claramente forçou um sorriso, que me fez revirar os olhos, começamos a correr em direção à floresta, na nossa frente havia vários sátiros que tocavam desesperadamente tentando acalmar as harpias. Entramos na floresta e paramos para decidir o que faríamos.


-Eu concordo com Cörnellie e acho que deveríamos procurar os ovos enquanto os sátiros tentam controlar as harpias, afinal não adiantará de nada enfrentar as harpias sem possuir os ovos... Pelo menos é o que acho. –Tradução, eu não faço a mínima idéia do que estou prestes a fazer, coloquei as lentes para poder procurar os ovos com mais rapidez e sorri insegura, para eles. –Por onde começamos?

Armas:
- Lentes de contato [Com elas é possível ter uma ótima visão no escuro ou noite. Mas também são úteis durante o dia, fazem com que o semideus possa enxergar tudo perfeitamente até dois quilometros de distância] {By: Afrodite}

- Espinosa [É um chicote feito de couro mas possuidor de vários espinhos pontiagudos e laminados de rosas em sua extremidade. Sua cor é rosa e seu nome é inspirado no efeito que ele é capaz de causar ao retalhar um pouco da carne do oponente quando o aflige.] {By: Afrodite}








Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Eros em Qua Out 03, 2012 10:51 pm


Os Ovos Furtados



Os casulos guardavam algumas surpresas para os dois semideuses que buscavam sua companheira, dentre alguns animais mortos (e em avançado estado de decomposição) encontraram também um sátiro inconsciente, porém vivo. Colocaram-no de pé, e inquiriram o que havia acontecido com ele, mas a criatura estava alheia a eles. No seu rosto, um sorriso lunático fazia dupla com um olhar psicótico. Soltou um grito, que por sua vez fez com que os dois gritassem de susto, e começou a se debater.
_ A arvore encanta, servos agora somos. Guardá-la e protegê-la função nossa é. _ Cantarolou ele, enquanto se aproximava de alguns outros casulos, tocando-os com sua mão aberta e fazendo com que outros 5 sátiros fossem expelidos no mesmo estado de loucura.
Viraram-se todos para os semideuses onde partiram para o ataque, com seus chifres afiados e pontiagudos.

No seu mundo, alheia de tudo a filha de Zeus se deparou em um belo jardim, que, no seu centro, ostentava uma linda e grossa arvore. Sua mente estava completamente clara, sabia que precisava sair dali mas, tão qual um sonho, não conseguia escapar do cenário lindo, porém totalmente surreal.
_ Venha menina _ Disse uma voz surgindo da arvore_ Dance comigo!
Uma jovem mulher, de pele mulata e cabelos compridos, surgiu por detrás da arvore, e começou a balançar seu corpo em uma dança silenciosa, porém completamente envolvente. Tentou resistir, não queria fazer qualquer outra coisa do que sair dali, mas, quando se deu por si, já imitava os movimentos da jovem.
_ Eu. Não. Quero. Dançar _ Disse a loira, tentando por toda sua força de vontade nas palavras e frear seu corpo. Como resposta, recebeu uma sonora gargalhada da dançarina misteriosa.
Observações:

1º Desafio:
- Simon e Blair deverão lutar contra os sátiros, que estão em transe.
- Cada sátiro possui 15 HP, porém estão extremamente engajados em derrotá-los.
- Deverão incapacitar os seres da natureza, sem matá-los.
- Corn deve se livrar do encanto da mulher e tentar obter respostas sobre onde está, quem é ela e como sai de lá.
- Prazo para o post: 5 dias
_ Atrasos, favor enviar uma MP avisando (Sofrerá desconto de HP e MP)
_ Mais de 24h de atraso sem aviso/motivo plausível = Morte.
_ Qualquer duvida MP

My Heart Bleed Just For You...


Última edição por Eros em Sex Out 05, 2012 4:22 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Eros
Deuses
Deuses

Mensagens : 27
Pontos : 39
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Simon C. McBride em Qui Out 04, 2012 3:21 pm


Sometimes life it takes you by the hand

A densa folhagem das árvores da floresta tornava sombrios os lugares em que passávamos. Por ser filho de uma deusa relacionada à morte, sombras e afins, eu me sentia bem em um lugar assim, mas as duas garotas não pareciam nada confortáveis.

- Nesse ritmo, quando voltarmos à arena, as Harpias vão ter devorado o acampamento inteiro - solto uma piadinha, ironizando o momento. O que era pra ser uma piada acaba soando como uma legítima verdade, afinal, estávamos andando à alguns minutos e não tínhamos visto nenhum sinal dos ovos roubados.

- Ei, o que você tá fazendo aí? Vem cá, volta pra sua pokebola, Pikachu - digo ao ver a filha de Zeus se afastar de nós. Blair e eu continuamos a andar pensando que a garota nos seguiria, mas isso não acontece. Eu viro a minha cabeça para trás no exato momento em que vejo um grosso cipó envolver o corpo da garota. Ela grita chamando, também, a atenção da Blair. Preparo a minha foice e corro na direção do cipó, mas quando estou prestes a fincá-lo; cortá-lo, o cipó leva a garota para longe.

- Droga, vamos! - enquanto Blair e eu corríamos para salvar a Corn, mais e mais cipós agarravam-na. A velocidade deles era imensa, não conseguíamos acompanhá-los, mas eles faziam bastante barulho e nós nos guiávamos pelos som. Em determinado momento, eu perco a garota do meu campo de visão e começo a seguir os passos de Blair, algo me dizia que ela sabia o caminho correto a seguir.

Passados alguns minutos, junto à Blair, chego em um lugar repleto de nojentos casulos verdes. Corn devia estar dentro de um deles, então, utilizando a minha foice como apoio, cravo-a no caule de uma das árvores e subo no galho mais alto. Estico o meu braço e corto alguns casulos. Eles eram tão resistentes que nem a queda os fizeram quebrar. Eu pulo do galho depois de derrubar uma boa quantidade de casulos.

- São muitos... Vamos levar a tarde toda até abrir todos os casulos de todas as árvores - digo e abro o primeiro casulo com a minha foice. Uma gosma verde voa em meu rosto e eu a limpo com a minha camiseta. Queria saber como a delicada filha de Afrodite lidaria com isso.


I tie my hands up to a chair so I don't fall that way




Simon Corn McBride ;
avatar
Simon C. McBride

Mensagens : 5
Pontos : 5
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Cörnellie D'immortales em Qui Out 04, 2012 4:40 pm

YEAH! Go to fight!,
"Fugir não faz parte de um verdadeiro herói"

Aquela missão estava cada vez mais chata em minha concepção, queria meu chalé, queria não ter que olhar pra Simon, queria fofocar com Blair. Eu não me sentia bem naquela escuridão que tomava-nos a cada passo que adentrávamos mais e mais a floresta, seria difícil usar meus raios sem um céu aberto que proporcionasse um melhor uso dos meus poderes, eu evitaria usá-los até que não fosse mais possível.

- Não teremos sorte, você está junto com a gente. - Sorri sarcástica olhando pro garoto, ele parecia mais confortável que eu e Blair poderíamos estar desconfortáveis, mais ela do que eu, poderia apostar toda a minha força de vontade e estoque de chiclete de morango que estava em meu chale.

Eu ouvi alguma coisa, quando virei a cabeça pensei ter visto algo nos arbustos,poderia ser uma pista que nos levasse aos ovos e tecnicamente para fora dali o mais rápido possível, eu queria meu chalé, minha cama e um pouco de sossego. Meus passos se distanciaram dos deles, por alguns segundos eles pareceram não me ver distanciar, meus dedos tocaram o arbusto e por fim não tinha nada. Ouvi a voz de Simon atrás de mim, ele me chamou de que? Isso ia ter volta. - Seu ... - Eu não consegui terminar minha frase, algo se enrolou em minha pernas me derrubando no chão, uma espécie de cipó ou algo do tipo, tirei minha adaga e tentei cortá-lo mas ele só me apertava mais e mais. Gritei, aquilo me envolvia mais e mais e me debater não ajudava, não conseguia ver eles vindo, pronto ia morrer em minha primeira missão.

Por alguns minutos eu permaneci com os olhos fechados, aquela coisa seja lá o que fosse estava me puxando pra algum lugar, com sorte eles me achariam e achariam os ovos, e a mim, viva ou morta. Quando abri os olhos eu estava lá e não estava lá ao mesmo tempo, estava em meia a um estágio alucinógeno, não via muita coisa com clareza estava presa, não conseguia me mexer, não conseguia ver as coisas com clareza, muito menos meus parceiros. - Papai,me ... - Meus lábios tinha um gosto estranho, ouvi alguns barulhos, mas estava em outro lugar e ao mesmo tempo estava ali, estava tendo alucinações ou sonhos bizarros. - Oi unicórnio ... - Murmurei pra um pequeno borrão que eu via a minha frente, onde eu estivesse presa estava me fazendo delirar.



I'm Cörnellie, bitch!
Little Cönnie | FILHA DE ZEUS 'u' | É A CAÇULINHA LOIRA REVOLTADA MESMO!
avatar
Cörnellie D'immortales
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 26
Pontos : 30
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio - Sangue!

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Cörnellie D'immortales em Qui Out 04, 2012 4:40 pm

YEAH! Go to fight!,
"Fugir não faz parte de um verdadeiro herói"

Aquela missão estava cada vez mais chata em minha concepção, queria meu chalé, queria não ter que olhar pra Simon, queria fofocar com Blair. Eu não me sentia bem naquela escuridão que tomava-nos a cada passo que adentrávamos mais e mais a floresta, seria difícil usar meus raios sem um céu aberto que proporcionasse um melhor uso dos meus poderes, eu evitaria usá-los até que não fosse mais possível.

- Não teremos sorte, você está junto com a gente. - Sorri sarcástica olhando pro garoto, ele parecia mais confortável que eu e Blair poderíamos estar desconfortáveis, mais ela do que eu, poderia apostar toda a minha força de vontade e estoque de chiclete de morango que estava em meu chale.

Eu ouvi alguma coisa, quando virei a cabeça pensei ter visto algo nos arbustos,poderia ser uma pista que nos levasse aos ovos e tecnicamente para fora dali o mais rápido possível, eu queria meu chalé, minha cama e um pouco de sossego. Meus passos se distanciaram dos deles, por alguns segundos eles pareceram não me ver distanciar, meus dedos tocaram o arbusto e por fim não tinha nada. Ouvi a voz de Simon atrás de mim, ele me chamou de que? Isso ia ter volta. - Seu ... - Eu não consegui terminar minha frase, algo se enrolou em minha pernas me derrubando no chão, uma espécie de cipó ou algo do tipo, tirei minha adaga e tentei cortá-lo mas ele só me apertava mais e mais. Gritei, aquilo me envolvia mais e mais e me debater não ajudava, não conseguia ver eles vindo, pronto ia morrer em minha primeira missão.

Por alguns minutos eu permaneci com os olhos fechados, aquela coisa seja lá o que fosse estava me puxando pra algum lugar, com sorte eles me achariam e achariam os ovos, e a mim, viva ou morta. Quando abri os olhos eu estava lá e não estava lá ao mesmo tempo, estava em meia a um estágio alucinógeno, não via muita coisa com clareza estava presa, não conseguia me mexer, não conseguia ver as coisas com clareza, muito menos meus parceiros. - Papai,me ... - Meus lábios tinha um gosto estranho, ouvi alguns barulhos, mas estava em outro lugar e ao mesmo tempo estava ali, estava tendo alucinações ou sonhos bizarros. - Oi unicórnio ... - Murmurei pra um pequeno borrão que eu via a minha frente, onde eu estivesse presa estava me fazendo delirar.



I'm Cörnellie, bitch!
Little Cönnie | FILHA DE ZEUS 'u' | É A CAÇULINHA LOIRA REVOLTADA MESMO!
avatar
Cörnellie D'immortales
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 26
Pontos : 30
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio - Sangue!

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Blair C. Windsor em Sex Out 05, 2012 12:52 pm


Does it matter now?




A cada passo que nós dávamos a floresta ia ficando escura e fechada, Cörnellie não parecia confortável, nem eu, mas Simon parecia estar adorando saber que estávamos marchando para a morte certa. Rezar para Mácaria ia ser uma boa agora.



Sorri de lado com sarcasmo de Nellie, suspirei fundo e continuei olhando para todos os lados, as lentes me faziam enxergar mais longe, mas mesmo assim não era o suficiente para achar os ovos de Harpia.


Cörnellie começou a se afastar cada vez mais, Simon soltou um comentário que me fez rir de leve, olhei-a preocupada - Ele ta certo Nellie, vem pra cá. - Continuamos caminhando até ouvir o grita da prole de Zeus, virei-me e vi algo a puxando, peguei meu chicote e sai correndo, mas era tarde demais. Olhei para Simon desesperada e corri atrás da loira, mas parecia que quanto mais ela tentava lutar contra os cipós, mais grossos e fortes eles ficavam. Simon diminuiu um pouco, mas eu ainda via Cörnellie então continuei com o ritmo acelerado.


Olhei perplexa para todos os casulos, Simon subiu em uma árvore e começou a jogar casulos para o chão, cruzei os braços e esperei pacientemente que ele terminasse seu showzinho de exibicionismo. Olhei todos eles, a cor não me deixava ver em qual deles Cörnellie estava, amarrei os cabelos em um coque mal feito, guardei o chicote e retirei a adaga.


-Então é melhor calar a boca e começar a abrir os casulos gatinho. - Pisquei para ele e cravei a adaga em um deles, abri o casulo com raiva e rapidez, a gosma atingiu meu rosto, mas eu simplesmente a limpei com a blusa do garoto e sorri sínica para ele.

Armas:
- Lentes de contato [Com elas é possível ter uma ótima visão no escuro ou noite. Mas também são úteis durante o dia, fazem com que o semideus possa enxergar tudo perfeitamente até dois quilometros de distância] {By: Afrodite}

- Espinosa [É um chicote feito de couro mas possuidor de vários espinhos pontiagudos e laminados de rosas em sua extremidade. Sua cor é rosa e seu nome é inspirado no efeito que ele é capaz de causar ao retalhar um pouco da carne do oponente quando o aflige.] {By: Afrodite}








Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Eros em Sex Out 05, 2012 5:21 pm


Os Ovos Furtados



Os casulos guardavam algumas surpresas para os dois semideuses que buscavam sua companheira, dentre alguns animais mortos (e em avançado estado de decomposição) encontraram também um sátiro inconsciente, porém vivo. Colocaram-no de pé, e inquiriram o que havia acontecido com ele, mas a criatura estava alheia a eles. No seu rosto, um sorriso lunático fazia dupla com um olhar psicótico. Soltou um grito, que por sua vez fez com que os dois gritassem de susto, e começou a se debater.
_ A arvore encanta, servos agora somos. Guardá-la e protegê-la função nossa é. _ Cantarolou ele, enquanto se aproximava de alguns outros casulos, tocando-os com sua mão aberta e fazendo com que outros 5 sátiros fossem expelidos no mesmo estado de loucura.
Viraram-se todos para os semideuses onde partiram para o ataque, com seus chifres afiados e pontiagudos.

No seu mundo, alheia de tudo a filha de Zeus se deparou em um belo jardim, que, no seu centro, ostentava uma linda e grossa arvore. Sua mente estava completamente clara, sabia que precisava sair dali mas, tão qual um sonho, não conseguia escapar do cenário lindo, porém totalmente surreal.
_ Venha menina _ Disse uma voz surgindo da arvore_ Dance comigo!
Uma jovem mulher, de pele mulata e cabelos compridos, surgiu por detrás da arvore, e começou a balançar seu corpo em uma dança silenciosa, porém completamente envolvente. Tentou resistir, não queria fazer qualquer outra coisa do que sair dali, mas, quando se deu por si, já imitava os movimentos da jovem.
_ Eu. Não. Quero. Dançar _ Disse a loira, tentando por toda sua força de vontade nas palavras e frear seu corpo. Como resposta, recebeu uma sonora gargalhada da dançarina misteriosa.
Observações:

1º Desafio:
- Simon e Blair deverão lutar contra os sátiros, que estão em transe.
- Cada sátiro possui 15 HP, porém estão extremamente engajados em derrotá-los.
- Deverão incapacitar os seres da natureza, sem matá-los.
- Corn deve se livrar do encanto da mulher e tentar obter respostas sobre onde está, quem é ela e como sai de lá.
- Prazo para o post: 5 dias
_ Atrasos, favor enviar uma MP avisando (Sofrerá desconto de HP e MP)
_ Mais de 24h de atraso sem aviso/motivo plausível = Morte.
_ Qualquer duvida MP


My Heart Bleed Just For You...
avatar
Eros
Deuses
Deuses

Mensagens : 27
Pontos : 39
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Blair C. Windsor em Dom Out 07, 2012 12:46 pm


Does it matter now?




A

cada casulo que abríamos a vontade de vomitar aumentava, o cheiro dos animais era insuportável e aquela gosma ficava cada vez mais espessa e verde, porém quando chegamos ao sexto ou sétimo casulo um sátiro caiu dele. Debrucei-me contra ele e percebi que ainda respirava.



–Anda, me ajuda a levantá-lo!- Simon e eu o colocamos de pé e perguntamos o que havia ocorrido, mas a única coisa que ele fazia era nos olhar com aquela expressão de louco... Talvez as cápsulas deixassem as pessoas loucas! Oh não, Cornellie! Acompanhei o grito de susto de Simon e olhei incrédula para o sátiro que agora falava algo sobre a “a árvore e seus servos”.


E de uma hora para outra havia seis sátiros loucos fora dos casulos, três vindo em minha direção e três indo na direção de Simon, mas eu não tinha tempo para pensar na prole de Macária. Peguei a Espinosa e enrolei nos chifres de um dos sátiros puxando-o de encontro ao outro sátiro que corria na mesma velocidade que ele.


Coloquei o pé na frente do terceiro sátiro e tentei me manter calma enquanto pensava em onde estavam os dois que eu havia acabado de derrubar... Malditos seres da natureza!


Peguei um deles pelo chifre e com o chicote juntei-o com os outros dois, amarrei bem eles tentando não machucá-los, mas também não deixá-los escapar. Olhei para Simon sorrindo vitoriosa - Precisa de ajuda gatinho?- Olhei novamente para os sátiros que tinha prendido e suspirei querendo saber o que se passava na cabeça daqueles faunos estúpidos!

Armas:
- Lentes de contato [Com elas é possível ter uma ótima visão no escuro ou noite. Mas também são úteis durante o dia, fazem com que o semideus possa enxergar tudo perfeitamente até dois quilometros de distância] {By: Afrodite}

- Espinosa [É um chicote feito de couro mas possuidor de vários espinhos pontiagudos e laminados de rosas em sua extremidade. Sua cor é rosa e seu nome é inspirado no efeito que ele é capaz de causar ao retalhar um pouco da carne do oponente quando o aflige.] {By: Afrodite}








Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Cörnellie D'immortales em Ter Out 09, 2012 4:02 pm

YEAH! Go to fight!,
"Fugir não faz parte de um verdadeiro herói"

Agora eu via outro lugar, outras coisas, uma árvore pra ser mais exata e uma mulher que dançava, eu queria sair dali e ela parecia ser a única opção pra isso. Ela me convidou pra dançar, mas eu não queria dançar, mas eu já estava dançando que estranho, pronto agora eu não sabia como sair dali e ainda estava dançando, eu iria morrer e achariam que eu estava dançando sei lá o que.
Eu tinha que fazer meu corpo prestar atenção em outra coisa, não naquela dança, eu tinha que fazer meu cérebro não se ligar naquilo, mas só tinha uma maneira sádica pra isso e era a dor,olhei minha adaga, sentia-me seduzida por sua cor e talvez com meu sangue ainda ficasse mais linda. Olhei a mulher que ainda bailava, eu me mexia um pouco com o semblante sério, refreava alguns movimentos, mas meu cérebro se ligava naquele tipo de magia que me fazia dançar mais e mais. - Ei! Como eu saio daqui? - Minha voz saiu alterada, ela não se mostrou afim de me ajudar, passei a mão na adaga enquanto minhas pernas se recusavam a me obedecer e cortei meu pulso esquerdo, nada fundo e sério apenas doloroso e doloroso demais. - Vou ter que te machucar pra você me ajudar? Eu não quero isso ok? - Dessa vez falei mais calma, talvez outro corte me desse mais controle de mim e menos controle aquela magia bizarra, talvez.



I'm Cörnellie, bitch!
Little Cönnie | FILHA DE ZEUS 'u' | É A CAÇULINHA LOIRA REVOLTADA MESMO!
avatar
Cörnellie D'immortales
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 26
Pontos : 30
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio - Sangue!

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Eros em Sex Out 12, 2012 6:09 pm


Os Ovos Furtados




Inércia, era isso que acontecia com o filho de Macária. Qual o motivo de sua falta de ação, era um mistério que na verdade, pouco importava. Três sátiros marcharam em sua direção, golpeando-o com chutes (aqueles cascos causavam um estrago imensurável) e chifradas.
A filha de Afrodite, por outro lado, conseguia lutar com seus sátiros de forma tranquila e delicada, prendeu um deles com seu chicote e conseguiu deixá-lo inconsciente ao bater sua cabeça contra a árvore. Os outros dois, porém, conseguiram fugir do seu chicote e a atacaram. Eles pareciam ser um pouco mais espertos que o que havia sido abatido, e ela teria que se esforçar mais para conseguir dominar eles.
A filha de Zeus havia feito um movimento ousado para tomar parte do controle sobre seu corpo. Seu pulso agora vertia seu precioso sangue vermelho, trazendo a dor e o incomodo que foram suficientes para fazê-la parar de dançar. Isto não agradou em nada a mulher misteriosa que a olhou com seus olhos inteiramente verdes, olhos estes que brilhavam de fúria.
Gritou algo, que não fez sentido para a semideusa, e pouco a pouco o belo paraíso ia sumindo de cena (como uma foto que é queimada pelo fogo) dando lugar a árvores retorcidas, com galhos que lembravam a braços, e terra negra e maldita. No centro de tudo, onde antes estava a mulher, agora se encontrava um Ente maldito, um espirito da natureza corrompido. Tal qual uma árvore de filme de terror, um rosto assustador estava esculpido no tronco da mesma, algo brilhava dentro de sua bocarra, mas a semideusa não teve tempo de descobrir o que era, porque enquanto tentava correr com suas pernas bambas foi atingida por uma rajada de folhas cortantes. Era óbvio que teria que derrotar a árvore para sair daquele pesadelo.
Dados:

1º Desafio:
- Derrote os sátiros sem matá-los
- Lute contra o Ente e descubra o porque dele ter se tornado mal.

Status de batalha:

Cornellie - 95 HP 110 MP
Simon - 50 HP 50 MP (desconto pela ausência na rodada, sem informação/justificativa. Mais um atraso e irá para o tártaro)
Blair - 90 HP 100 MP

obs:

_ 3 dias para postar
_ Atrasos, favor enviar uma MP avisando (Sofrerá desconto de HP e MP)
_ Mais de 24h de atraso sem aviso/motivo plausível = Morte.
_ Qualquer duvida MP


My Heart Bleed Just For You...
avatar
Eros
Deuses
Deuses

Mensagens : 27
Pontos : 39
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Blair C. Windsor em Sab Out 13, 2012 8:27 pm


Does it matter now?




Q

uando eu achei que tinha terminado o serviço, os dois sátiros se soltaram de meu chicote e me atacaram, por um momento fiquei tão surpresa que perdi a ação. Porém dentro de dois segundos pensei em algo rápido e prático, corri até um tronco solto e apanhei-o batendo com ele na cabeça dos dois sátiro.



Peguei um cipó e amarrei os dois com força, bati as mãos uma na outra e olhei para Simon que parecia estar imóvel. –O que ta fazendo? Mexa-se!- Bati com o chicote nas costas de um dos sátiros que o atacava e corri até ele.


Peguei a minha adaga e dei com o cabo dela na cabeça do sátiro, peguei o tronco novamente e bati no sátiro com uma força maneirada, Simon parecia em uma forma de transe e eu não poderia ajudá-lo com os outros dois sátiros e salvar Nellie a tempo.


Engoli a seco e peguei um dos sátiros, que estava preso, pelo colarinho. –Quem é seu mestre? Ou árvore sei lá o que!- Olhei dentro de seus olhos insanos enquanto esperava uma resposta que me levasse até onde Cornellie estava. Aquilo parecia idiotice, mas eu estava desesperada e sem saber o que fazer, com toda a certeza eu não conseguiria fazer aquilo sem Simon e Cornellie.

PS:
Ficou uma merda, me desculpa Eros
Armas:
- Lentes de contato [Com elas é possível ter uma ótima visão no escuro ou noite. Mas também são úteis durante o dia, fazem com que o semideus possa enxergar tudo perfeitamente até dois quilometros de distância] {By: Afrodite}

- Espinosa [É um chicote feito de couro mas possuidor de vários espinhos pontiagudos e laminados de rosas em sua extremidade. Sua cor é rosa e seu nome é inspirado no efeito que ele é capaz de causar ao retalhar um pouco da carne do oponente quando o aflige.] {By: Afrodite}








Blair Campbell Windsor
Chalé 10 Rebel Rebel Evil Windsor Queen Trigêmeos Windsor!

Thanks One Way @ Cupcake Graphics
avatar
Blair C. Windsor
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 40
Pontos : 42
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 23
Localização : Em varios lugares

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Alex A. Hakim em Ter Out 16, 2012 12:10 am

Here comes a new challenger!


A balbúrdia regia o acampamento quando o pequeno filho de Íris acordou. Seu chalé jazia vazio, porém o lado de fora de seu lar era um completo caos. Gritos e tilintadas denunciavam uma peleja de grandes proporções, e isso aliciou Aladdin a agarrar seus equipamentos e correr desenfreadamente para o campo de batalha.
À ventura, encontrou-se açodando em direção à floresta. Descalço e vestindo suas roupas casuais, Aladdin carregava consigo seu báculo-anel em sua versão portátil e sua flauta de ouro, recipiente de Ifrit.
Seus dedos tocavam o solo coberto de folhas rapidamente, vez ou outra esbarrando em pedras ou outras coisas úmidas. O cheiro da mata lhe enchia as narinas com abundância, e sua respiração nunca esteve mais estável do que naquele momento, cercado de árvores. Foi ali, naquele instante, que chegou-lhe aos ouvidos um grito grave, surpreso. Havia alguém por perto, e Aladdin decidira checar, por fim.
Os passos do semideus avultaram-se afervoradamente, e em pouco tempo sua velocidade cortante alcançou o som do brado que ouvira. Uma linda garota encontrava-se cercada por uma quadrilha de sátiros... Pareciam lutar. Aladdin deduziu imediatamente que o grito não viera de seus lábios. O clamor que vinha daquele ponto da floresta era masculino.
Por entre as árvores, ergueu as mãos, conjurando seu báculo. Levantou o bastão policromo e tentou absorver energia solar, ignorando o bloqueio de luz proveniente das folhas. Assim que declarou sua arma carregada, revelou-se, saindo por detrás das árvores. Apontou seu báculo e aclamou:
— BAKUHATSU! Leprechaun's... GUNSHOT!
Diante da vibração da arma, Aladdin conservou seu braço ereto, disparando a coluna de luz em direção a um dos sátiros. Sem pensar em verificar o desenlace de seu assalto, transfigurou sua arma novamente em anel, levando com sua outra mão a flauta de ouro aos lábios. Sua voz melodiosa, reproduzida pelo elemento, ecoou pelo local. Evoco-te, espírito flamejante da grandeza, Ifrit!
O pequeno animal desprendeu-se da caixa de ressonância do instrumento e caiu desajeitado aos pés de Aladdin. Embora pequeno, já sabia entrar em uma sequência de batalha, usando perfeitamente seu pouco conhecimento em pirocinese. O pequeno semideus abaixou-se e afagou-lhe a cabeça, mostrando ao exíguo animal alado os inimigos. Guardou seu instrumento musical nos panos de sua roupa, pendurou Ifrit em seu antebraço, abraçando-o e correu até a garota.
— Precisando de ajuda? Eu sou Aladdin! — um sorriso abriu seus lábios rosados, mostrando os pequenos dentes recém-trocados.


Soundtrack: Aqui
Vestindo: Aqui
template by: MM's GIRL on Tdn!



Itens levados:
Ѽ Báculo Cromático [Com um pequeno prisma incrustado, absorve energia luminosa do ambiente, podendo dispará-la em forma de raio ou escudo. É inquebrável e se transforma em um anel.]
Ѽ Flauta Dourada [Um artefato mágico capaz de armazenar um pet e invocá-lo através das notas musicais. Também é possível usar suas habilidades através do objeto sem invocá-lo.] (Amaterasu [Ifrit])


Alex ''Aladdin'' Hakim
the little arabian thief


avatar
Alex A. Hakim

Mensagens : 4
Pontos : 6
Data de inscrição : 07/10/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Cörnellie D'immortales em Qui Out 18, 2012 2:23 pm

YEAH! Go to fight!,
"Fugir não faz parte de um verdadeiro herói"

Ela não parecia nada feliz com meu pulso que vivo brava em vermelho vivo, vermelho sangue, meu sangue. Dei um passo atrás tentando bolar alguma coisa mas tudo que eu pesava fugia do real e do possível, eu tinha um pouco de medo, Zeus teria vergonha de mim por um pequeno tempo ou por um grande tempo eu não sabia o que se passava na cabeça do meu pai. Calcei uma de minhas luvas, a da mão direita, eu podia ver pequenas faíscas percorrendo-a, não queria machucá-la, mas parecia ter que fazer isso, guardei a agada e peguei o escudo que ainda estava em forma de relógio mas o ativei assim que o coloquei corretamente no punho esquerdo que ainda estava um pouco sujo de vermelho. - Eu vou repetir só mai uma vez, como eu saio daqui? - Minha voz saiu alta e autoritária, não pareceu que a assustaria, mas eu precisava de uma saída dali bem rápido.



I'm Cörnellie, bitch!
Little Cönnie | FILHA DE ZEUS 'u' | É A CAÇULINHA LOIRA REVOLTADA MESMO!
avatar
Cörnellie D'immortales
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 26
Pontos : 30
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio - Sangue!

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Eros em Sex Out 19, 2012 3:43 pm


Os Ovos Furtados


O filho de macária parecia congelado de medo e por isso recebeu outras sequencias de ataques, o que era bastante vergonhoso visto que a filha de Afrodite lutava como uma leoa. Quando o jovem garoto (deverás mais corajoso que Simon) saltou para a batalha, aquele que sofria pelas mãos de Deimos correu de volta ao acampamento gritando de uma forma incrivelmente vergonhosa.
Surpresa com a aparição do novo garoto Blair recebeu uma chifrada nas costas, do único sátiro que parecia se recusar a dormir, o que a fez tombar de dor. Quem diria que os chifres de bode poderiam ser tão afiados? Deveria tomar mais cuidado ou sofreria. O filho de Iris se preparou para atacar os outros três sátiros remanescente.
Enquanto isso, a filha de Zeus parecia estar extremamente perdida visto que ainda não havia descoberto uma maneira de fugir do paraiso sombrio... Só restava uma alternativa: Lutar.
Dados:

- 3 dias para postar
- Tomem cuidado com os erros e com as incoerências, vocês são semideuses iniciantes e não mestres de batalha.
HP-MP:

Blair - 85 HP 100 MP
Cornellie - 60 HP 60 MP (Punição para o atraso, é injusto com os companheiros que esperem pelo seu post. Evite atrasos, mas caso seja impossivel, me avise via MP ou troque a ordem de postagem com algum outro.)
Simon - 5 HP 5 MP (Saida da missão sem justificativa)
Alex - 110 HP 110 MP
Atrasos não serão tolerados, e caso não haja uma justificava plausível levará a perca de HP-MP
inimigos:

Sátiro da Blair - 10 HP
Sátiros do Alex - 15 HP cada.
Ente - 30 HP


My Heart Bleed Just For You...
avatar
Eros
Deuses
Deuses

Mensagens : 27
Pontos : 39
Data de inscrição : 26/09/2012

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Cörnellie D'immortales em Sab Out 20, 2012 12:57 pm

YEAH! Go to fight!,
"Fugir não faz parte de um verdadeiro herói"

Pelo visto eu teria que lutar não havia outra alternativa a não ser lutar, mas eu era fraca e não tinha a mesma certeza quanto a minha adversária talvez ela fosse bem forte e não fosse de meio conhecimento. Apertei o punho fortemente, pequenas faíscas escapavam da luva enquanto eu segurava o escudo com a outra, eram nestas horas que eu precisava de uma espada e não possuía, argh! Parti rumo a minha adversária em uma corrida ritmada, quando me aproximei o suficiente deferi-lhe um soco na altura do rosto, a luva estava faiscando, logo após me afastei alguns passos protegendo-me com o escudo, eu precisava de uma saída e ela parecia vir só após uma batalha contra aquela mulher ...



I'm Cörnellie, bitch!
Little Cönnie | FILHA DE ZEUS 'u' | É A CAÇULINHA LOIRA REVOLTADA MESMO!
avatar
Cörnellie D'immortales
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 26
Pontos : 30
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio - Sangue!

Ficha "Meio-Sangue"
Vida :
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal :

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os ovos furtados - Missão interna para Blair C. Windsor, Cörnellie D'immortales e Simon C. McBride

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum